Não importa como você encare isso, o fato é que Taylor Swift é a rainha da parada de álbuns Billboard 200 atualmente, onde a Billboard ranqueia semanalmente os álbuns inteiros mais consumidos nos Estados Unidos. A cantora e compositora lidera pela nona vez em sua carreira com seu mais recente lançamento ‘Fearless (Taylor’s Version), que conquistou o lugar mais alto da lista com folga.

Estrear em #1 é certamente uma maneira de dominar a Billboard 200, mas essa não é a única maneira em que Swift reina dessa vez.

A cantora country/pop ocupou oito espaços na Billboard 200 de semana passada, incluindo o primeiro lugar com a nova versão de ‘Fearless (Taylor’s Version). Já nesta semana, ocupa a segunda posição e mantém os oito álbuns charteando — a maior quantidade recente entre todos os artistas. Oito aparições no chart também é a segunda melhor marca de todos os tempos entre artistas femininas e é algo que Taylor já havia conseguido fazer antes (bem no iníciio do ano). Apenas Whitney Houstoun conquistou uma marca maior de aparições simultâneas, quando 10 de seus trabalhos  entraram na lista na semana seguinte ao seu falecimento.

Atrás do ‘Fearless (Taylor’s Version)’, apenas dois outros álbuns de Swift se encontram no top 40 e, coincidentemente, eles trocaram de lugar um com o outro. Da posição 33 para a 29 está ‘evermore’, a mais recente coleção de material totalmente inédito da cantora premiada pelo Grammy. Do número 29 para o número 33 está ‘folklore’, lançado apenas alguns meses antes de ‘evermore’.

Tanto ‘Lover’ quanto ‘1989’ desceram algumas posições em relação às últimas semanas, ocupando os números 74 e 89, respectivamente, enquanto ‘reputation’ foi do 169 para o 164.

Os dois álbuns de Swift nas posições mais baixas do ranking, ‘Red’ e ‘Speak Now’, retornaram para a Billboard 200 graças à recente atenção que foi dada à sua discografia inteira. Os discos, que lideraram a parada quando foram lançados, ocupam os números 191 e 194, respectivamente, quase de fora da lista.

O único álbum completo de Swift que não figura na Billboard 200 nas semanas pós ‘Fearless (Taylor’s Version)’ é seu debut autointitulado, que não retorna aos charts com muita frequência.

No mais, Taylor mostra mais uma vez sua força como uma das artistas que mais vendem álbuns, mesmo na era do streaming.

Matéria publicada pela Forbes e traduzida/adaptada pela equipe TSBR.





Twitter do site

Facebook do site