15 de março de 21 Autor: Maria Eloisa Barbosa
Confira tudo que rolou no GRAMMYs 2021

ELA É A INDÚSTRIA DA MÚSICA! Ontem, ocorreu a 63ª edição do Grammy. Taylor estava concorrendo em 6 categorias e havia sido anunciada como uma das performers, o que deixou todos os Swifties cheios de expectativas para a premiação esse ano.

Antes do evento começar, duas categorias em que Taylor estava presente foram anunciadas: Best Song Written for Visual Media (vitória da Billie Eilish) e Best Pop Duo/Group Performance (vitória da Lady Gaga e Ariana Grande).

Conforme os artistas começaram a passar pelo Red Carpet, a ansiedade foi aumentando. Nada da loirinha no tapete vermelho!

A primeira vez em que Taylor realmente apareceu para o público foi em sua performance. Com um medley mágico de “cardigan”, “august” e “willow”, feito com Jack Antonoff e Aaron Dessner, ela deixou todos os seus fãs encantados

Depois disso, fotos da Taylor chegando com seus colaboradores foram liberadas. Ela estava num vestido Oscar de la Renta e sapatos Louboutin. Todas as imagens podem ser conferidas em nossa galeria, clicando aqui.

Conforme a premiação foi rolando, pudemos ver um pouco mais de Taylor: ela aplaudindo o Harry de forma muito fofa, extremamente feliz pela Beyoncé e animada pela Dua Lipa. Também saíram fotos e vídeos de Swift na plateia, ao lado de Aaron Dessner e Jack Antonoff. Já queremos essa selfie!

Taylor perdeu nas categorias Song of The Year (vitória da H.E.R), Best Solo Pop Performance (vitória do Harry Styles) e Best Pop Vocal Album (vitória da Dua Lipa).

Sem dúvida, o ponto alto da noite foi Taylor vencendo Album Of The Year com o folklore. Foi impossível não ficar emocionado com a felicidade dela e a sua animação ao ver que tinha ganhado. Ao subir no palco com seus colaboradores, Aaron Dessner agradeceu primeiro e depois ela, que mencionou seu namorado, Joe Alwyn, no discurso. Você pode assistir ao momento legendado abaixo:

Taylor simplesmente fez história! Ela é a primeira mulher a ter vencido a categoria 3 vezes e está no seleto grupo de artistas que realizou tal feito, junto com Frank Sinatra, Stevie Wonder e Paul Simon.

A cantora ficou radiante com a vitória. Ao final, ela posou com o gramofone e pudemos ver um vídeo dela comemorando com as irmãs HAIM, suas amigas que estavam na premiação.

O dia também foi marcado pela primeira interação pública entre Harry e Taylor depois de muito tempo, que apareceram conversando rapidamente.

Deixando todos ainda mais comovidos, Aaron Dessner postou um texto em seu Twitter, falando sobre o prêmio e sua relação com a Taylor:

“Tem sido uma jornada incrível desde a primeira vez que Taylor me chamou para compor com ela. Desde o momento no qual ela escreveu cardigan no dia 28 de abril – ela desvendou uma química criativa entre nós distinta de qualquer coisa que eu já experimentei anteriormente, e isso levou à criação de dois álbuns em 6 meses que são extremamente queridos por mim – folklore e evermore. Obrigado à Academia por reconhecer o folklore esta noite. Taylor, Jack e eu não poderíamos estar mais orgulhosos do trabalho que fizemos juntos. Obrigado à minha família: minha linda esposa Stine por constantemente me impulsionar com seu espírito indomável e me apoiar em tudo isso, e aos meus filhos Ingrid, Robin e Mimi que me inspiram todos os dias. Obrigado Jonathan Low, meu engenheiro e mixer que é incrivelmente talentoso e alguém que tive a sorte de ter comigo durante meus projetos na última década. Obrigado Bryce, meu querido irmão, por suas contribuições inestimáveis ​​para o folklore – eu nunca teria sido capaz de fazer nada disso sem tudo que aprendi com você e seu constante apoio. Não é surpresa para ninguém que seus arranjos elevem o álbum ao que é. Meu querido amigo Justin, que sempre me anima quando estou para baixo e que tem confiança na minha música até quando eu não tenho- sua escrita, voz e o jeito que você toca são partes vitais de ambos os álbuns. Eu prezo muito pela nossa amizade e cada oportunidade que temos para colaborar. Muito obrigado à Joe por sua brilhante composição e colaboração no folklore e evermore— e por sua amizade que têm sido uma grande parte deste momento inesquecível. Obrigado aos meus companheiros de banda no The National com quem aprendi a escrever e fazer discos sem compromisso— e todos os artistas com quem já trabalhei por me darem a chance de crescer e aprender com vocês. Obrigado a todas as pessoas que emprestaram seus talentos ao folklore, especialmente Ben Lanz, Bryan Devendorf, Clarice Jensen, Dave Nelson, James McAlister, Jason Treuting, Josh Kaufman, JT Bates, Kyle Resnick, Laura Sisk, Rob Moose, Thomas Bartlett e Yuki Numata Resnick. Obrigado à minha gestão, Straight & Narrow – Brandon, Shaun, Grant e Wayne, por todo o trabalho nos bastidores. E, acima de tudo, obrigado à Taylor. Sinto-me constantemente honrado e grato por nossa amizade e colaboração. É tão estranho pensar que, nesta mesma época no ano passado, nem sequer tínhamos começado nossa jornada juntos, já que agora você é uma grande parte da minha vida. Você restaurou minha fé na música e nas formas como ela pode ajudar a mim e a outras pessoas. Em um ano de tantas incertezas e medo, sou eternamente grato pela música que fizemos. Você generosamente compartilhou sua genialidade na composição comigo e com outras pessoas nesses álbuns— e fez que todos envolvidos se sentissem apreciados e confiantes em seu trabalho. Não posso dizer coisas positivas o suficiente sobre você como artista e pessoa. É impossível nomear tudo de positivo que você tem. Por fim, a todos os indicados e àqueles que não receberam indicações (muitos dos meus artistas favoritos nunca receberam indicações de qualquer tipo), aplaudo vocês por continuarem a divulgar sua arte pelo mundo. É um momento extremamente vulnerável quando você compartilha uma música ou disco com alguém pela primeira vez, e encontro motivação na comunidade de compositores, artistas, produtores, engenheiros e designers que continuam encontrando coragem para lançar músicas brilhantes em nossas vidas. Continuem”.

folklore foi um álbum que mudou o ano de 2020. Trouxe acolhimento, esperança e paz em tempos tão difíceis. Pudemos ver uma nova Taylor, que reinventou sua sonoridade e mostrou outro lado em suas composições. Ela movimentou a indústria e conquistou vários feitos com essa era, de forma merecida. Não poderíamos estar mais felizes com tudo isso! Parabenizamos Taylor e todos os outros vencedores da noite.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up