22 de maio de 21 Autor: Maria Eloisa Barbosa
Por que Taylor Swift está creditada numa música de Olivia Rodrigo?

Quando os créditos das composições e produções do álbum de estreia de Olivia Rodrigo, Sour, foram disponibilizados na quinta-feira, os fãs rapidamente notaram o nome de Taylor Swift e Jack Antonoff nos créditos de composição da quarta faixa “1 Step Foward, 3 Steps Back”. Os numerais juntos ainda formam o número “13”, uma referência sutil à uma numerologia importante para o universo de Swift.

Enquanto os fãs especularam sobre uma colaboração ou Rodrigo usando um sample do trabalho da super estrela, a Rolling Stone confirmou que Swift e Antonoff não colaboraram na faixa e que a música é uma interpolação* da canção “New Year’s Day” presente no álbum de 2017, reputation. Para aqueles que estão esperando uma parceria oficial entre as duas, eles precisarão esperar mais um pouquinho (os representantes de Swift e de Rodrigo não responderam imediatamente aos pedidos de esclarecimento).

“1 Step Forward, 3 Steps Back ”é a única música que interpola Swift, mas pode não ser a única música do Sour a fazer referência à Taylor: Rodrigo revelou à Rolling Stone no mês passado que ela se inspirou na ponte de “Cruel Summer” para escrever a do hit “Deja Vu”.

Rodrigo é notavelmente uma grande fã de Swift e tem sido membro ativo do fandom da estrela do pop por anos. Ela chama Swift de uma de suas “maiores inspirações”. Antes de Rodrigo lançar seu primeiro single “Drivers License”, Swift havia reconhecido o cover feito por Olivia de “Cruel Summer”.

A dupla tem interagido mais nos últimos meses: Rodrigo e seu colega Swiftie que virou estrela pop, Conan Gray, fizeram TikToks para promover Fearless (Taylor’s Version). Swift também enviou a Rodrigo o anel que ela usou durante a gravação do Red. A dupla se conheceu oficialmente no Brit Awards este mês, trocando cartas manuscritas e posando para fotos nos bastidores.

Matéria publicada pela Rolling Stone e traduzida pela Equipe TSBR.

*A interpolação musical não usa partes da música e sim as melodias. Ou seja, com essa técnica é preciso apenas a permissão do compositores da melodia. Saiba mais clicando aqui.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up