Lori McKenna é conhecida por vários hits. Ela escreveu músicas que foram gravadas por Tim McGraw, George Strait, Little Big Town, Sara Bareilles, Lady Gaga e vários outros. McKenna é também a única co-compositora da música “I Bet You Think About Me”, de Taylor Swift, que aparece no Red (Taylor’s Version)

“Essa música tem uns 11 anos”, ela faz uma pausa antes de acrescentar, “Nós achamos”. Swift estava em Boston, para fazer dois shows esgotados no Gilette Stadium, não tão longe da casa de McKenna. No dia do segundo show, ela visitou McKenna, elas almoçaram e planejaram escrever uma música juntas. “Ela tinha um pedacinho de uma música, que era ‘I Bet You Think About Me’, ela sabia que esse era o gancho”, McKenna disse para gente.

Swift perguntou para ela se elas deveriam seguir uma pegada folk (o que elas fizeram) e depois disso, o resto fluiu maravilhosamente, como McKenna relembra. “Não lembro de nada além de ficar sentada assistindo o quão incrível ela é. Ela sabe o que ela quer dizer e quando ela diz algo bom, ela lembra. Ela não anotou nada. Não teve gravação da música”. McKenna estava escrevendo a letra em seu computador, mas Swift não olhou em momento algum a tela. “Se o verso está bom, ela sabe que está bom e ela lembra como era”, ela diz.

Mais tarde naquela noite, McKenna compareceu a um show da Taylor com seus filhos e quando ela estava nos bastidores, Taylor tocou a música que elas escreveram juntas. “Eu fiquei tipo, como essa mulher consegue chegar lá, fazer um show completo cheio de coreografias para sessenta mil pessoas, e agora ela está cantando a música que ela acabou de escrever duas horas atrás”, McKenna fala enquanto lembra dos acontecimentos.


Quando Red foi lançado originalmente em Outubro de 2012, “I Bet You Think About Me” não entrou para a tracklist final. McKenna acredita que talvez tenha focado muito no country comparado a direção que Taylor estava indo com o Red. “Quando eles chegam no estúdio, as coisas mudam. Já aconteceu comigo. É assim que o mundo da música funciona”, McKenna explica, entendendo completamente a decisão que foi tomada nos bastidores. “Mas para ela trazer algo que tem 10 ou 11 anos de idade significa que é uma música que ela manteve no coração por muito tempo e isso é muito legal. É algo que muitos artistas não fazem”.

No verão passado, Taylor contatou McKenna e elas se falaram por telefone. “Eu conversei com ela por mais ou menos meia hora no telefone. Ela estava tipo, ‘lembra dessa parte? adicionamos essa parte, e depois essa’ e foi como se tivéssemos escrito a música ontem”. A nova versão conta com backing vocals de Chris Stapleton. “Eu amo o jeito que ficou”, McKenna declara. “É tão fiel a versão original que pensamos. Ela seguiu isso mesmo 11 anos depois”.

Máteria publicada pela The Nash News e traduzida pela Equipe TSBR.

Próxima notícia >

»




Twitter do site

Facebook do site