Terapeutas ressaltam para o Huffpost o significado emocional de “Forever Winter” do Red (Taylor’s Version)

Fãs da Taylor Swift estão em um estado de euforia depois do lançamento do Red (Taylor’s Version), uma regravação do álbum de 2012 indicado ao Grammy da cantora.

Embora a versão de 10 minutos de “All Too Well” e seu filme tenham dado início ao buzz, outras músicas do álbum também merecem atenção – incluindo as nove músicas “do cofre” que Taylor escreveu originalmente para o Red mas nunca as lançou.

Uma dessas músicas é “Forever Winter”, que Taylor escreveu com o cantor principal de Foster the People, Mark Foster. Muitas das músicas anteriormente lançadas focam em romances e términos, mas “Forever Winter” aborda temas de saúde mental e suicídio.

“Eu vejo a música com várias questões de saúde mental, particularmente de pensamentos suicidas”, disse Jessi Gold, uma professora assistente no departamento de psiquiatria da Universidade de Washington em St. Louis. “Eu interpreto como uma música escrita por uma pessoa que está tentando amar alguém durante várias questões severas de saúde mental e passando pelos desafios de fazer isso”.

O refrão e a ponte em particular mostram esses temas:
“Todo esse tempo eu não sabia / Que você estava quebrando / Eu ficaria destruída no chão / Se você não estivesse por perto / Muito jovem para saber que tudo melhora / Eu serei um sol de verão para você pra sempre / Vai ser pra sempre inverno se você se for”
“Se eu estivesse lá no seu apartamento / Eu pegaria a bomba na sua cabeça e a desarmaria / Eu diria que te amo mesmo em seu momento mais sombrio / E por favor não vá”

“O narrador percebe o quão machucado seu amigo está e tenta dizer o quanto ele importa para ele, tenta ser o suporte (o sol no inverno), e até mesmo ajuda e conserta as coisas para eles,” Gold disse. “Mas eles ainda estão assustados que ele vai morrer por suicídio – ‘Que ao invés disso ele prefira ir embora.’”

Ela notou que o narrador tenta ajudar, mas ela parece que fica nervosa conforme seus amigos continuam a não ouvi-la.

“Isso mostra o quão difícil é ser um amigo nesses momentos, e como as questões de saúde mental são complicadas”, Gold disse. “Ás vezes você não consegue consertar uma pessoa mesmo se você tentar. Mesmo assim, ela quer que ele saiba que ela vai amá-lo mesmo nos períodos mais sombrios e quer que ele saiba que mesmo quando a doença dele convencê-lo que ela não estará ali, ela sempre vai estar ali por ele, e que ele importa muito para ela”.

“Forever Winter” também toca no ponto de isolamento que muitas pessoas vivem durante uma crise de saúde mental.

“Muitas pessoas se isolam quando estão nos momentos mais sombrios, geralmente com medo de ser um peso para as pessoas em sua volta”, diz Brit Barkholtz, uma terapeuta clínica de Minnesota que é especialista em trauma. “Mas Taylor lamenta que não sabia que ele estava se sentindo desse jeito, presumivelmente desejando que ela soubesse pra que pudesse ter oferecido apoio mais cedo”.

Barkholtz disse que a insistência da narradora que ela não vai embora pode passar uma mensagem para aqueles que estão sofrendo: que aqueles que se importam com você estarão disponíveis quando eles precisarem.

“Trauma, depressão, vícios, distúrbios alimentares, todas essas coisas podem convencer a gente que devemos nos isolar das pessoas que se preocupam com a gente, mas a música serve como um aviso que as pessoas que se importam querem ficar por perto, querem ajudar e prestar suporte, e querem passar por esse momento com você, mesmo que as coisas estejam sombrias e bagunçadas no momento”, Barkholtz disse.

Várias pessoas notaram que “Forever Winter” toca nos mesmos temas de “Renegade”, a música da banda Big Red Machine com a Taylor de 2021. A letra da música foca em como a saúde mental pode afetar os relacionamento. Outros perceberam que soa como a perspectiva oposta de “this is me trying”, uma música do álbum folklore em que o narrador está passando por problemas de saúde mental e vícios. Diferente de “this is me trying”, “Forever Winter” soa como uma música feliz com seu ritmo otimista e uso do instrumento trompa.

Barkholts disse que essa junção de uma música feliz com a letra pesada pode ter sido intencional.

“Ela diz na música, ‘Ele parece bem a maior parte do tempo, forçando sorrisos e deixa pra lá, a risada dele é uma sinfonia’”, Barkholtz disse. “Ela está destacando que as coisas nem sempre são como parecem na superfície, e que não é porquê alguém parece muito bem e ok que ela não está sofrendo. Só porque uma música soa como uma música pop e alegre não significa que ela não tem uma mensagem séria e poderosa sobre saúde mental na letra”.

Gold elogia a combinação de melodias alegres e letras sérias.

“Eu acho que vale a pena porque uma música com uma batida alegre tem mais chances de convencer alguém a ouvir a mensagem, e quanto mais pessoas ouvem a mensagem, melhor”, ela disse. “Nós queremos normalizar essas conversas e esses problemas que as pessoas enfrentam, que amigo se importam, e que pedir ajuda é importante, necessário e possível”.


O que fazer se “Forever Winter” parecer familiar

Se a letra da música “Forever Winter” parece familiar para você, você não está sozinho. Gold deu um conselho para aqueles que estão tentando ajudar um amigo ou um membro da família que está sofrendo com sua saúde mental.

“Pergunte para a pessoa amada sobre isso, até mesmo sobre os pensamentos suicidas”, ela aconselha. “Você não está implantando ideia na cabeça deles ao conversar sobre esses assuntos. É importante ter essas conversas para que eles saibam que podem conversar com você”.

Essa pessoa pode pensar que você não quer ouvir sobre seus problema, então comece deixando claro que você está ali para ouvir e falar sobre o que está acontecendo.

“Você pode abrir a conversa com algo vulnerável sobre você, para que eles se sintam que não são apenas eles que se sentem vulneráveis”, Gold disse. “Não dê apenas conselhos, mas peça ajuda a eles também”.

Você pode ajudar oferecendo para pesquisar terapeutas em sua área ou até mesmo sessões online, sempre conversando com a pessoa.

“Vale lembrar, que é importante você saber que isso pode te afetar também”, Gold disse. “Cuide da sua própria saúde mental. Fale com alguém se você precisar. Peça suporte e também coloque limites até onde você se sinta bem. Peça que outros amigos ou a família te ajudem se for muito para você aguentar sozinho. Isso é completamente normal, e você não é uma pessoal mal-amada se não puder ser o único”.

Matéria publicada pelo Huffpost e traduzida pela Equipe TSBR.





Twitter do site

Instagram do site

Facebook do site