29 de maio de 20 Autor: Maria Eloisa Barbosa
Casas da Taylor: Todas as propriedades

Swift pelo nome e Swift pela natureza. A princesa do pop Taylor está prestes a ser declarada a rainha de Tribeca. Com um patrimônio líquido estimado em cerca de U$ 360 milhões, segundo a Business Insider, Taylor gastou grande parte de sua riqueza (U$ 100 milhões) em imóveis.

Desse valor, ela separou uma parcela de U$ 50 milhões para um único quarteirão em Tribeca. Em 2014, ela pagou cerca de U$ 20 milhões por duas coberturas ao lado, que adquiriu do diretor de “O Senhor dos Anéis”, Peter Jackson. As unidades foram combinadas em um único duplex suburbano do tamanho de uma mansão com mais de 771 metros quadrados.

Então, em 2017, ela surpreendeu de uma maneira um tanto quanto inexplicável ao adquirir a casa ao lado por um valor fora do mercado de $18 milhões. No entanto, a estrela pop louca por propriedades ainda não estava satisfeita. Em 2018 ela pagou outros U$ 9,75 milhões em um apartamento no mesmo prédio da sua cobertura. Você pode conferir tudo sobre isso clicando aqui.

As outras propriedades de Taylor incluem casas em Nashville. Há um condomínio de mais de 300 metros quadrados no Music Row, em Nashville, que ela comprou com 20 anos. Swift descreveu a estética do condomínio como “excêntricamente girlie” em uma entrevista à Vulture. Ela mesma fez o design de interiores.

Com um valor estimado de US$ 3 milhões, o condomínio tem características de estilo industrial e uma vista do horizonte do centro de Nashville, já que possui janelas do chão ao teto.

Em junho de 2011, ela também comprou uma propriedade Greek Revival de 1934 em Nashville, que possui uma casa principal de 148 metros quadrados, com quatro quartos e quatro banheiros e meio. Nos fundos, há uma piscina e uma parte para hóspedes de 184 metros quadrados. Trulia estima que a propriedade valha quase US $ 2,5 milhões – essa é a propriedade menos cara que ela possui.

Taylor também possui uma lendária propriedade em Los Angeles: a icônica mansão em Beverly Hills, de 1934, que ela comprou em setembro de 2015. Antes, era a casa do produtor de filmes de Hollywood Samuel Goldwyn. Swift planeja transformar a propriedade Georgian Revival de mais de 1000 metros quadrados em um patrimônio histórico e restaurá-la ao seu status anterior agora que a Comissão do Patrimônio Cultural de Beverly Hills votou a favor de seu pedido. Valendo quase US$ 30 milhões, é a propriedade mais cara que ela possui, de acordo com os dados de Trulia.

Taylor ainda tem uma mansão à beira-mar em Rhode Island, que ela adquiriu por quase US$18 milhões.

A mansão de 1114 metros quadrados, possui sete quartos e nove banheiros e tem vista para 700 pés de costa, para a Block Island Sound e para a Montauk Point. Os boatos dizem que Swift comprou a casa em abril de 2013, depois de terminar com Conor Kennedy. É uma casa de férias dos sonhos e o lugar perfeito para festas com seu squad. Você se lembra da famosa festa de quatro de julho de Swift em 2016? Temos um post só sobre essa propriedade, que você pode acessar aqui.

E agora Swift está pensando em adquirir mais uma em breve. Em agosto, a cantora foi flagrada olhando imóveis em Londres, na faixa de preço de US$ 30 milhões, segundo a Page Six. Swift, supostamente, quer ficar mais perto de seu namorado, o ator britânico Joe Alwyn, com quem ela está há 3 anos. “Taylor está procurando uma grande casa em Londres com duas cozinhas, para que ela e Joe possam viver em privacidade e se divertir adequadamente”, disse uma fonte à Page Six. “Eles estão dividindo seu tempo entre [a cidade natal dele] em Londres e [a casa dela] em Nashville”.

Matérias publicadas pela Variety e Business Insider e traduzidas e adaptadas pela Equipe TSBR.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up