13 vezes que Taylor Swift demonstrou apoio à comunidade LGBTQ+


  • Escrito por

  • Publicado em 17 de junho de 2019

Uma vez que 13 é o número favorito da Taylor, aproveitamos o lançamento do clipe de “You Need To Calm Down” e o Mês do Orgulho Gay para relembrar 13 momentos em que Taylor Swift demonstrou seu apoio à comunidade LGBTQ+ durante sua carreira.

Confira abaixo:

  1. Quando fez uma homenagem às vítimas do massacre na boate gay em Orlando
  2. Quando em 2008 se juntou a um time de artistas em uma campanha de conscientização após o assassinato de um jovem de 15 anos morto na escola por ser gay
  3. Quando ajudou um fã que tinha sido expulso de casa pelo pai homofóbico e estava morando na rua
  4. Quando contou a história de um personagem gay no clipe de “Mean”
  5. Quando homenageou a artista Loie Fuller, uma ativista LGBT+ dos anos 70, durante toda a Reputation Stadium Tour
  6. Quando escreveu uma carta e fez uma petição online sobre a Emenda da Equidade
  7. Quando doou dinheiro para a reconstrução do monumento em Stonewall Inn, um dos lugares mais emblemáticos da luta LGBTQ+
  8. Quando doou itens pessoais para um leilão beneficente em prol de jovens LGBT+ que foram expulsos de casa
  9. Quando se apresentou gratuitamente no festival de talentos do Ally Coalition, uma instituição beneficente que arrecada fundos para ajudar jovens LGBT+ em situação de risco
  10. Quando condenou e fez campanha contra a senadora Marsha Blackburn por sua visão política homofóbica e retrógrada
  11. Quando apoiou a produção de musical de drag queens na Broadway
  12. Quando apareceu de surpresa na festa de noivado de um casal de fãs gays
  13. Quando lançou o clipe de “You Need To Calm Down” com um elenco de artistas LGBTQ+ também co-dirigido e co-produzido por artistas LGBT+


Tags

Comentários