O tribunal decidiu contra turistas e a favor dos moradores do litoral de Rhode Island, local onde Taylor Swift tem uma mansão.

O Supremo Tribunal de Rhode Island confirmou, na terça-feira 2, a decisão de um tribunal local permitindo que proprietários de residências em Westerly, cidade de Rhode Island, coloquem cercas no entorno de suas propriedades. A ação pretende manter turistas fora de um trecho de 2 milhas das praias privadas, que são parte das propriedades.

O procurador-geral de Rhode Island e grupos de ambientalistas argumentaram que a região servia de turismo ao público geral há mais de um século, porém, o tribunal discordou, afirmando que a praia é propriedade privada. O procurador-geral, por sua vez, se mostrou decepcionado com a decisão, mas afirmou que esta não afeta a garantia constitucional estadual de acesso à costa.

Durante o verão, Taylor Swift é constantemente fotografada em sua propriedade, em Rhode Island; é na mansão de veraneio que a cantora promove suas famosas festas do 4 de julho. No ano passado, em sua praia particular, situada nos limites da residência, Taylor foi flagrada por um paparazzo aos beijos com Tom Hiddleston.

Fonte.





Twitter do site

Facebook do site