14

Em entrevista ao jornal inglês The Sun, Taylor Swift revela que profissão seguiria se não fosse uma cantora/compositora de sucesso. Confira traduzida:

Se a coisa musical não der certo para Taylor Swift, ela tem um plano B pronto – como detetive.

A cantora é obcecada por programas criminais e passa todos os minutos que fica acordada assistindo-os quando está em turnê.

Ela passou para uma conversa no meu bar do backstage no Capital FM Summertime Ball ontem a noite e disse que se ela não estivesse fazendo milhões com suas músicas, haveriam apenas duas outras opções de carreiras.

Taylor disse: “Eu seria uma designer de interiores ou uma detetive, mas não acho que eu seria uma boa detetive. Apenas assisto todos os programas criminais. Tudo que tem uma pequena premissa de ser um programa criminal, eu vejo. Tenho tantos DVDs. Estou gostando de ”Criminal Minds” no momento, e ”Law & Order”, e CSI. Nunca vi ”The Wire”, mas vou começar daqui a pouco.”

A cantora, que anteriormente namorou Harry Styles, do One Direction, está atualmente no meio de uma turnê gigante com o ruivo preferido de todos, Ed Sheeran.

Ela levou Ed para o palco para performarem o novo single ”Everything Has Changed”. Depois do show no Wembley Stadium de Londres, eles voaram sob o Atlântico para tocar em Toronto.

Taylor está constantemente na estrada, mas ela diz que aprecia viver com as malas feitas.

“Eu acho que é difícil nos primeiros anos. Mas depois que se entra no clima, você meio que se acostuma. Na verdade você fica meio inquieto quando está em um lugar por mais de dois dias. Você começa a pensar, ‘Quando que tenho que entrar no avião?’ e ‘Quando que eu tenho que arrumar minha mala?'”.

Fonte: TheSun





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up