04 de março de 23 Autor: Sofia Barder
Sugestão de livros baseados na sua era favorita da Taylor

Taylor tem uma maneira mágica de escrever músicas que ressoam amplamente. Uma grande parte dessa identificação é sua maneira natural de contar histórias em suas letras, provando que sua música não é apenas um trecho de uma cena, mas toda a história.

Mas como Taylor Swift não escreveu, de fato, um romance para cada uma de suas canções, montamos algo parecido. Faz sentido que os livros por serem uma forma de contar histórias, lidem com alguns dos mesmos temas e elementos sobre os quais Taylor escreveu em suas músicas. Então, para seu entretenimento, juntamos cada álbum dela com um livro que tenha a mesma energia, que você pode ler enquanto espera a “The Eras Tour” chegar ao Brasil. Mas cuidado – você vai querer começar uma onda de compra de livros imediatamente! Não diga que não avisamos.

1. Taylor Swift (Debut): Reggie and Delilah’s Year of Falling, Elise Bryant

Taylor era adolescente quando lançou seu álbum de estreia, então é apropriado que seja emparelhado com um romance adolescente. O romance centrado na musicalidade de Bryant é a combinação perfeita para este álbum, especialmente porque a inspiração musical de Delilah é a própria Taylor Swift. Esta emocionante história de ponto de vista duplo segue uma cantora hesitante e um nerd encantador que se encontram no show de Delilah uma noite, apenas para coincidentemente continuarem se reunindo ao longo de um ano. E quanto mais eles se conhecem, mais eles tendem a se apaixonar. Se isso não é vibe de debut, eu não sei o que é.

Link para compra

2. Fearless: The Summer I Turned Pretty, Jenny Han

Se você é um fã de Jenny Han, provavelmente está familiarizado com a adaptação para televisão de The Summer I Turned Pretty que o Amazon Prime Video lançou no verão passado. Fearless de Swift é a trilha sonora perfeita para a série. Afinal, “The Way I Loved You” é apresentado no episódio final. É uma história terna de amadurecimento sobre primeiros amores, desgosto e romance de verão. Belly Conklin é uma adolescente de 15 anos que passa todos os verões em Cousins ​​Beach com seu irmão, sua mãe, a melhor amiga de sua mãe, Susannah, e os dois filhos adolescentes de Susannah, Jeremiah e Conrad. (Olá, triângulo amoroso com a energia “You Belong With Me”.) Mas este verão é diferente. Agora que Belly se transformou em uma jovem mulher, ela se vê navegando pelas primeiras paixões e primeiros beijos, mágoa e tristeza, e descobrindo o tipo de pessoa que deseja se tornar.

Link para compra

3. Speak Now: The Wedding Date, Jasmine Guillory

Não fica mais “it was enchanting to meet you” do que um romance entre duas pessoas que ficam presas em um elevador juntas apenas para sair da situação nada ideal combinando um encontro. Bem, um encontro falso. Drew precisa de uma acompanhante para o casamento de sua ex, e Alexa, que o acha carismático e charmoso, diz que sim. Mas quando os dois voltam para suas respectivas casas – Drew em Los Angeles enquanto Alexa está em Berkeley – eles descobrem aquele sentimento de atração de tirar o fôlego, apenas para perceber que não conseguem parar de pensar um no outro.

Link para compra

4. RED: Begin Again, Emma Lord

Este doce romance universitário pode ter o mesmo nome da última música do álbum Red, mas também incorpora o álbum como um todo. Begin Again aborda temas como amizade, família, amor e abandono de relacionamentos ruins, e é perfeito para quem não se cansa desse disco. Andie foi transferida para o estado de Blue Ridge para se formar em psicologia, mas não faz mal que seu namorado de longa data, Connor, também compareça. Sua tentativa de surpreendê-lo com a notícia sai pela culatra quando ela descobre que ele foi transferido para sua antiga faculdade comunitária. Mas a mãe de Andie frequentou esta universidade e, depois de conhecer seu novo colega de quarto e rabugento (mas gentil) R.A., ela rapidamente começa a se sentir em casa. E quando ela acidentalmente se torna a voz da estação de rádio que sua mãe fundou, ela começa a perceber que você pode ter quantos planos estratégicos quiser, mas às vezes o universo irá direcioná-lo para o que você precisa.

Link para compra

5. 1989: History Is All You Left Me, Adam Silvera

1989 examina as consequências de um relacionamento tumultuado, contando uma história do antes, durante e depois, e é por isso que “History Is All You Left Me” irá ressoar com os leitores. Depois que o ex-namorado de Griffin, Theo, morre tragicamente em um acidente de afogamento, Griffin começa a reexaminar o tempo que eles compartilharam antes de Theo se mudar para a Califórnia e começar um novo relacionamento com um garoto chamado Jackson. Griffin acreditava que ele e Theo eram para sempre, mas com o coração partido, o futuro incerto e a dor e a devastação ameaçando derrubá-lo, ele deve descobrir como seguir em frente (Clean) – sem se perder.

Link para compra

6. Reputation: The People We Keep, Allison Larkin

Reputation é um álbum que, entre muitos outros temas, centra-se em sentir-se isolado e sozinho num mundo que não o compreende bem. Em The People We Keep, conhecemos April em 1994, onde ela está lidando com um pai ausente e uma cidade que não parece um lar. Cantar a noite é a única coisa que desperta sua alma, então, quando as coisas pioram, ela parte para o mundo sem um plano. Em Ithaca, April tem sua música e não muito mais, mas logo encontra um show de barista e alguns bons amigos que começam a fazê-la se sentir aceita. Só que ela não tem certeza se continuará a machucar as pessoas da mesma forma que foi emocionalmente danificada ou se pode encontrar forças para se curar.

Link para compra

7. Lover: Do I Know You? , Austin Siegemund-Broka e Emily Wibberly

Um álbum que celebra o amor em todas as suas formas confusas e complicadas merece um par de romance igualmente emocionalmente ressonante. Este eletrizante e emocionante romance de ponto de vista duplo segue Eliza e Graham enquanto eles se dirigem a um resort no norte da Califórnia para comemorar seu aniversário de casamento de cinco anos. Os dois não têm se conectado ultimamente, e Eliza teme que a faísca deles tenha se extinguido. Mas quando um convidado acidentalmente acredita que Graham é solteiro, ele o apresenta a Eliza. E em vez de corrigi-lo, Eliza e Graham começam um jogo de faz de conta, interpretando e flertando como perfeitos estranhos. Embora sua química palpável possa estar voltando, a profundidade emocional de sua conexão permanece sem solução. Uma fuga de uma semana é suficiente para despertar o que ambos estão perdendo? O álbum Lover de Swift é um lembrete de que o amor verdadeiro tem uma gentileza tranquila e fortalecedora em seus ossos, e é lindo ver esses personagens trazerem esse sentimento à vida.

Link para compra

8. folklore: Yerba Buena, Nina Lacour

O Folklore é uma ode à beleza das histórias (alguém ainda pensa no triângulo amoroso Betty-August-James?), que merece uma história de igual beleza. Depois de fugir de casa aos 16 anos, Sara agora trabalha como garçonete em Los Angeles, embora o mistério de seu passado ainda não esteja claro para aqueles ao seu redor. Emilie, que está tentando encontrar seu propósito, aceita um emprego em um restaurante glamoroso chamado Yerba Buena. É aqui que os dois se encontram pela primeira vez e fica claro que sua conexão é especial. Mas como o passado de Sara ameaça sua felicidade presente, o amor de ambos é testado.

Link para compra

9. evermore: Normal People, Sally Rooney

Evermore está repleto de anseios e reflexões sobre relacionamentos anteriores, e é por isso que a história de Connell e Marianne o complementa lindamente. Situado em uma pequena cidade irlandesa, a atração magnética entre os dois começa no ensino médio e continua no Trinity College em Dublin, onde ambos decidiram estudar. Mas encontrar a felicidade juntos não é uma conquista fácil para duas pessoas teimosas, e Connell e Marianne ainda estão se tornando as pessoas que desejam ser. Mesmo assim, eles descobrem que as circunstâncias em suas vidas continuam empurrando-os de volta. Se este romance não é o epítome da “felicidade”, não sei o que é.

Link para compra

10. Midnights: The Midnight Library, Matt Haig

Midnights é uma coleção de momentos e memórias que mantiveram Taylor acordada à noite, e o romance introspectivo e de tirar o fôlego de Haig oferece muitos temas semelhantes de reflexão e admiração. O que poderia ter acontecido se você tivesse feito escolhas diferentes em sua vida? Quando Nora Seed encontra uma biblioteca mística que contém livros que respondem a essa mesma pergunta, revelando os caminhos que sua vida poderia ter tomado, ela não apenas parte em uma jornada de autodescoberta, mas que a ajuda a entender o propósito do significado da vida.

Link para compra

E ai? Quais livros você precisa ler?

Matéria traduzida do “The Everygirl”





Twitter do site

Facebook do site