scottgde
Scott Borchetta
, presidente da Big Machine Label Group, gravadora de Taylor Swift, conversou com a CBS sobre os boatos na mídia de que a popularidade da cantora estaria minguando, e defendeu o poder da superestrela.

Sobre a publicidade negativa a respeito de Taylor e sua vida amorosa, Borchetta disse, “Bem, você tem que vender jornais, certo? Então muito daquilo é falso… Quando você ver o show … você irá olhar em volta e dizer, ‘É, eu não vejo nada disso.'”

“No que diz respeito à popularidade dela estar minguando, não há sinal disso em lugar nenhum,” ele acrescenta no CBS This Morning. Ela é a única artista nos últimos 15 anos a ter mais de dois álbuns com mais de um milhão de vendas na primeira semana.

Perguntado sobre a matéria do New York Times que dizia que a popularidade de Swift atingiu seu pico em 2010, Borchetta disse, “Bem, novamente, eu não vejo isso. Sabe, as vendas dela são –nós temos as maiores vendas no mundo no momento com ela, e você tem que se lembrar, quando você tem todo esse amor, haverá haters, então tragam os haters.”

Borchetta, conhecido por ter algumas das maiores estrelas country em sua gravadora– como Rascal Flatts, Tim McGraw e The Band Perry — começou sua própria gravadora com Swift quando ela tinha apenas 14 anos de idade. “Eu estava apaixonado pelo processo de composição dela, e apenas o processo. E então eu sempre a vi como uma ótima artista.”

“Ela é extraordinariamente determinada. Ela está realmente ligada neste momento, coisas que faz naturalmente. Não é como se ela tivesse que acordar e dizer, ‘OK, é hora de ser Taylor.’ É quem ela é. … Ela é extraordinariamente motivada, e ela — como qualquer ótimo artista, honestamente, eles têm uma visão para como eles querem se parecer e soar e há uma visão específica e meticulosa na qual todos nós trabalhamos com ela.”





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up