Na quarta-feira passada, Taylor lançou, exclusivamente na Disney Plus, o documentário “folklore: the long pond studio sessions”. Dirigido pela própria cantora, o filme conta com uma performance de todas as músicas do álbum folklore e comentários de Taylor, Aaron Dessner e Jack Antonoff, que também trabalharam no disco. 

“folklore: the long pond studio sessions” foi muito bem recebido. Com 7 avaliações no Rotten Tomatoes, site que compila as opiniões da crítica especializada, o documentário ficou com 100% de aprovação. No Metacritic, também com 7 resenhas, o filme obteve a nota 76.

A revista Variety disse: “Com este filme, ela fez as duas coisas que ela faz de melhor: fazer uma música excelente e dar às pessoas um novo motivo para falar sobre Taylor Swift. Mas pelo menos, ela se certificou de que, dessa vez, estamos falando sobre ela pelos motivos certos”.

Rolling Stone rasgou elogios para o documentário. “the long pond studio sessions não é apenas uma nota de rodapé do álbum de estúdio- é uma declaração musical impressionante por si só, cheia de performances acústicas calorosas. Não importa o quanto você tenha ouvido o folklore, as músicas parecem novas. As performances são reveladoras – neste cenário livre, o nível de genialidade de Taylor vem alto e claro”, mencionou a revista. 

A NME, que deu 4 estrelas, pontuou que “em sua maioria, o novo filme se concentra em dar aos fãs um raro vislumbre dos bastidores. ‘folklore’ será lembrado como o álbum de excelência da quarentena – e para muitos, o auto-isolamento com Swift é um presente perfeito de Natal antecipado (embora inesperado)”. O The Telegraph classificou o documentário com 4,5 estrelas, dizendo que “são duas horas de música muito calorosas que dão às canções uma nova cara, como se você as estivesse ouvindo pela primeira vez”. Até o momento, a nota do jornal The Guardian foi a mais baixa, que avaliou o filme com 3 estrelas.

Outros veículos renomados também fizeram uma resenha sobre o filme. O NY Times escreveu: “Embora ‘the long pond studio sessions’ seja uma declaração de posicionamento como seu recente documentário da Netflix, ‘Miss Americana’, ele é também, o que é mais importante, uma experiência musical. A composição de canções – de forma misteriosa, telegráfica, perspicaz e pessoal, bem como potencialmente lucrativa – é a missão de Taylor Swift”. 

O Awards Radar ressaltou a direção de Taylor: “Taylor Swift dirige tão bem quanto os profissionais aqui, e é mais uma evidência de que ela pode ser uma cineasta se quiser”. Já a IndieWire destacou que o “‘folklore: the long pond studio sessions’ não vai te deixar de boca aberta, mas é um ótimo complemento para um dos álbuns mais amados do ano, e até agora, uma chance rara de ouvir todas as músicas ‘ao vivo'”.

Você pode assistir ao “folklore: the long pond studio sessions” diretamente na Disney Plus, clicando aqui.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up