shake 1

Mal foi lançada e “Shake it Off” já está impactando os maiores periódicos musicais. A Rolling Stone não perdeu tempo em avaliar a nova música de trabalho de Taylor e ainda conseguir algumas informações sobre as inspirações para o novo cd, a música e seu videoclipe. Leia:

Taylor Swift dispensa os haters, dança com fãs em seu novo single “Shake it Off”

Cantora revela inspiração e pacote deluxe para seu novo álbum ‘1989’  e lança novo vídeo cheio de novidades.

Depois de uma semana lançando dicas, Taylor Swift finalmente contratou um avião na última sexta-feira com a missão de escrever “TAYLOR SWIFT 8/18 5PM YAHOO” no céu de New York, sugerindo aos fãs que a cantora de “22” provavelmente estaria, finalmente, lançando alguma música nova do seu antecipado quinto álbum. Quando o relógio chegou às 17 horas (local de NY) na segunda-feira, Swift entregou: como parte de seu chat ao vivo do Yahoo!, Swift lançou seu novo single “Shake it Off” na forma de uma festa dançada improvisada com a audiência do estúdio. Swift também revelou que 1989, seguindo o Red de 2012, tem seu lançamento marcado para 27 de outubro e que será o seu “primeiro álbum totalmente pop.” 1989 faz referência ao ano de nascimento da cantora, e Swift contou que a música do final dos anos 80 – “um tempo de pontencial sem limites” – teve um grande impacto no seu novo disco, começando pela arte de capa: uma foto Polaroid da cantora.

“Dois anos te dá tempo o suficiente para crescer e mudar. Mudar o que você acredita e o que te influencia e inspira,” disse Swift sobre os dois anos de intervalo entre Red e 1989. “Durante o processo, minha música mudou. Eu acordava todos os dias não só querendo, mas precisando, fazer um novo estilo de música. Esse álbum é um renascimento para mim.”

A composição de “Shake it Off” é uma parceria entre Swift, Max Martin e Shellback, com os dois últimos produzindo a faixa. Martin e Shellback já trabalharam com Swift no hit “We Are Never Getting Back Together.” Imediatamente depois da transmissão do Yahoo!, 1989 foi disponibilizado para pré-venda no site oficial de Swift (mesmo que o site tenha caído imediatamento depois do anuncio). Swift também revelou que a versão deluxe do álbum irá conter um envelope de 13 fotos Polaroid e 3 versões cruas de faixas que Swift gravou em seu celular.

“Já tive todas as partes da minha vida dissecadas – minhas escolhas, minhas ações, minhas palavras, meu corpo, meu estilo, minha música,” Swift conta para Rolling Stone sobre o novo single. “Quando você vive a sua vida sob esse tipo de microscópio, você pode tanto deixar que isso te afete, ou você pode ficar muito boa em desviar de porradas. E quando um te acerta, você sabe como lidar com isso. E eu penso que a maneira com que eu lido com isso é deixando pra lá.” Swift também está escalada para se apresentar no MTV Video Music Awards em Englewood, California dia 24 de agosto, o que é um local ideal para fazer a estreia de “Shake it Off” ao vivo.

Finalmente, Swift lançou o clipe de “Shake it Off”, que ela filmou em junho, durante três dias em Los Angeles. Com a direção do legendário diretor Mark Romanek, o visionário por trás de “Closer” do Nine Inch Nails e “Scream” de Janet e Michael Jackson, o vídeo contém Swift adotando diferentes personalidades, incluindo uma líder de torcida, B-girl do hip-hop e uma artista performática ao estilo de Lady Gaga. “Tudo o que eu penso é sobre metáforas e gatos,” Swift disse na transmissão. “E a vida pode ser refletida na sua vontade de dançar.”

“Foi muito divertido. Eu acordava todos os dias de gravação e não podia esperar para chegar no set,” Swift conta a Rolling Stone sobre a gravação do vídeo. “Tivemos twerking, o que foi muito engraçado. As meninas estavam tentando me ensinar a como fazer, e isso nunca vai acontecer. Eu realmente tentei. Elas estavam me ensinando o que fazem, e tem meio que uma ciência por trás disso – ela meio que estabilizam os calcanhares no chão sem que você veja que suas pernas se mexem, mas suas bundas se mexendo. É enlouquecedor para mim. Elas me explicavam tudo, e está muito acima da minha forma de compreender como entender seu corpo.”

Para o conceito do vídeo, que envolve Swift não conseguindo dançar rock e ballet entre outros passos de dança, Swift conta: “Leva muito tempo para você descobrir quem você é e onde você encaixa no mundo. Eu estou me colocando nessas situações estranhas nas quais os dançarinos são incríveis, e eu estou me divertindo, mas não me encaixando. Eles estão fazendo as coisas mais bonitas, e eu estou sendo muito atrapalhada nisso. Mostra que você deve continuar a ser o que é, continuar a ser você, continuar a tentar entender onde você se encaixa no mundo, e uma hora você descobre isso.”

Swift não falou nada sobre seu novo álbum durante sua visita ao The Tonight Show with Jimmy Fallon dia 13 de agosto, nem mesmo cedendo quando o apresentador a perguntou se ela faria que nem “a Beyoncé com um álbum e o jogaria por aí,” quando fez o anúncio sobre o Yahoo!.

“Penso que o objetivo do próximo álbum é para continuar mudando, e nunca mudar da mesma maneira duas vezes,” ela explicou para a Rolling Stone ano passado. “Como eu escrevo essas histórias figurativas de diário de maneira com as quais eu nunca as escrevi antes e com um fundo sonoro que eu nunca explorei antes? Vou trazendo ideias e elas vão tomando diferentes rumos do que eu achei que elas iriam tomar, e esse nível de espontaniedade inesperada é algo que realmente me encanta no processo de criar música. E se nós fizessemos isso? E se nós fizessemos isso mais estranho? E se nós deixassemos mais sombrio? Eu amo pessoas que tem infinitas ideias estranhas e animadoras sobre as formas que a música pode tomar.”

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up