23 de novembro de 21 Autor: Maria Eloisa Barbosa
“Red (Taylor’s Version)” estreia no topo da Billboard 200

Taylor Swift aparece em primeiro lugar na parada de álbuns Billboard 200 com Red (Taylor’s Version), a regravação do seu álbum de 2012, Red, que liderou a lista por sete semanas entre 2012 e 2013.

O disco de 30 faixas deu para a Swift seu 10º álbum número 1, fazendo com que ela seja a segunda mulher a ter 10 ou mais números 1 na parada. Barbara Streisand é a mulher com mais números 1, tendo 11. 

Red (Taylor’s Version) vendeu 605.000 unidades de álbum equivalentes nos EUA na última semana, encerrada em 18 de novembro, de acordo com MRC Data. Isso marca a segunda maior semana do ano, atrás apenas do Certified Lover Boy de Drake, que vendeu 613.000 unidades na semana terminada em 9 de setembro. Red (Taylor’s Version) também estreou com a melhor semana do ano em termos de vendas de álbuns tradicionais: 369.000.

Vamos dar uma olhada em alguns dos feitos de Swift com o lançamento de Red (Taylor’s Version)

10 álbuns em número 1: Red (Taylor’s Version) é o 10º álbum nº 1 de Swift na parada Billboard 200. Ela se tornou a segunda mulher a alcançar pelo menos 10 números 1, atrás apenas de Barbra Streisand, que tem 11.Swift conquistou seu primeiro número 1 com o Fearless, em 2008.

Artistas com mais números 1 na Billboard 200:

19, The Beatles

14, Jay-Z

11, Bruce Springsteen

11, Barbra Streisand

10, Drake

10, Eminem

10, Elvis Presley

10, Taylor Swift

10, Kanye West

Conquista mais rápida de quatro álbuns nº 1 por um artista solo: Swift rapidamente conseguiu colocar quatro álbuns em nº 1 na Billboard 200, num período de aproximadamente 16 meses (ou 68 semanas). Isso é o mais rápido que um artista solo conseguiu quatro números 1. Começou com o folklore, que ficou em primeiro lugar nas paradas no dia 8 de agosto de 2020. Depois evermore, em 26 de dezembro, Fearless (Taylor’s Version), em 24 de abril de 2021 e agora Red (Taylor’s Version). 

Maior semana de vendas de 2021: Com 369.000 cópias vendidas, Red (Taylor’s Version) registra a maior semana de vendas de um álbum em 2021. A semana anterior de maior vendas do ano foi do último disco de estúdio de Swift de material inédito, evermore, que vendeu 192.000 cópias na semana encerrada em 3 de junho, após seu lançamento em vinil.

Ajudando as vendas de Red (Taylor’s Version) está seu lançamento em CD, download digital e LP de vinil, tudo no dia 12 de novembro. Isso é diferente de Fearless (Taylor’s Version) e evermore, que tiveram lançamentos escalonados para os formatos, com seus vinis chegando meses após o lançamento original do álbum.

As vendas de Red (Taylor’s Version) também foram ampliadas pela disponibilidade de CDs assinados por Swift em sua loja oficial na internet e em varejistas independentes.

Recorde de Vendas semanais de vinil na era moderna… mais uma vez: Red (Taylor’s Version) vendeu 114.000 cópias em vinil na semana que terminou em 18 de novembro – um novo recorde de uma semana para um álbum de vinil desde que o MRC Data começou a monitorar as vendas em 1991. Ela bateu o recorde anterior, estabelecido quando o evermore de Swift vendeu 102.000 cópias em LP de vinil na semana que terminou em 3 de junho.

As vendas de vinil são particularmente impressionantes, já que o lançamento do vinil Red (Taylor’s Version) é um conjunto de 4 LPs que é vendido por US $ 49,99. Estava disponível em duas edições: um lançamento preto padrão e uma variante vermelha vendida exclusivamente nas lojas Target. O LP de vinil foi colocado em pré-venda na loja virtual de Swift em agosto.

Segunda maior semana de streaming para um álbum de uma mulher: Red (Taylor’s Version) estreia com 227.000 unidades SEA – totalizando 303,23 milhões de streams sob demanda das 30 faixas do álbum. Essa é a maior semana de streaming de 2021 para um álbum de uma mulher e a segunda maior de uma artista feminina. Entre as mulheres, apenas a estreia do álbum de Ariana Grande de 2019, Thank U, Next, teve uma semana ainda maior, com 307,1 milhões de streams de suas músicas no quadro de abertura. (Notavelmente, os streams de Thank U, Next foram alimentados por apenas 12 músicas em sua lista de faixas, enquanto Red(Taylor’s Version) tem 30 faixas, auxiliando seu total de streaming).

Red (Taylor’s Version) agora  também detém a maior semana de streaming para um álbum country, ultrapassando a estreia de Dangerous: The Double Album de Morgan Wallen em janeiro (240,18 milhões em suas 30 faixas).

A maior semana de vendas de um álbum country em oito anos: Red (Taylor’s Version) vendeu 368.000 cópias em sua primeira semana – a maior semana de vendas de um álbum country desde Crash My Party, de Luke Bryan, que vendeu 528.000 cópias na semana de abertura (gráfico datado de agosto 31, 2013). Red (Taylor’s Version) também registra a maior semana para um álbum country desde que a Billboard 200 começou a classificar os títulos por unidades de álbum equivalentes (em vez de apenas vendas puras de álbuns) em dezembro de 2014.

Três álbuns country chegaram ao topo da Billboard 200 em 2021: Dangerous: The Double Album de Morgan Wallen (que reinou por 10 semanas), Fearless (Taylor’s Version) e agora Red (Taylor’s Version). (Os álbuns country são definidos como aqueles que alcançaram a parada de melhores álbuns country da Billboard).

O álbum Red original de Swift passou 16 semanas em primeiro lugar na parada de álbuns country da Billboard e terminou 2012 e 2013 como o álbum Top Country do ano.





Twitter do site

Facebook do site