Nelly já é figurinha carimbada nas turnês de Taylor. Desde a Speak Now Tour, o rapper tem feito aparições surpresas nos shows da cantora. Desta vez ele apareceu na segunda noite em que Taylor tocou em St. Louis — a terra natal de Nelly. Os dois cantaram The Fix e, então, Taylor convidou as irmãs Haim (que estavam abrindo, pela última vez, o show) para o palco para que elas a acompanhassem no hit de 2002, “Hot in Herre”. Nelly, que está trabalhando em um novo álbum, conversou com a Rolling Stone para contar como isso aconteceu.

Esta é a sua terceira vez no palco com Taylor Swift. Como vocês se conheceram pela primeira vez?

Robert, um cara com quem ela trabalha, é um amigo muito legal meu. Já trabalhamos juntos diversas vezes, com o ‘N Sync e coisas assim. Ele é meu amigo. Então conheci a Taylor, sua mãe e seu pai e eles são pessoas muito bacanas. Ela é como se fosse uma irmã mais nova, cara, ela é verdadeira. Tenho conhecido ela desde que ela começou. Ela pode me ligar a qualquer hora, não importa, que eu vou resolver o que ela quiser.

Como esse telefonema acontece? Só: “O que você vai fazer na quarta?”

“Yo, estamos indo a St. Louis, o Nelly estará por lá?” Algumas vezes eles me levaram de avião para onde ela estaria tocando. Acho que uma vez foi em Houston. E você sabe, a garota é rica pra caralho, ela manda o próprio avião pra ir te pegar e essas porras, então não é problema nenhum. É mamão com açúcar pra ela, entende? É um relacionamento legal. Antes que ela termine de fazer tudo, cara, ela poderia estar entre as cinco melhores artistas femininas de todos os tempos. Para falar a verdade, eu sei que ela será.

Quando elas prepararam a coreografia?

Quando eu encontrei ela antes do show naquela dia, nós conversamos e ela disse: “As garotas e eu ficamos acordadas a noite inteira fazendo a coreografia. Nós fizemos a nossa própria coreografia, nós vamos mandar bem, Nelly”. Ela é uma pessoa incrível. Ela não tem nenhum tipo de frescura e nem nada, isso é bem dificil quando você vem de onde nós viemos. Você raramente encontra pessoas assim. É tipo, Taylor Swift e minha avó. Quem não ama essas duas pessoas?

Elas te mostraram a coreografia antes da apresentação?

Yeah, yeah, foi hilário. Eu amei, cara. E as garotas, as Haim, são tão enérgicas quanto. Fez com que eu me sentisse… um pouquinho velho. Elas estavam: “Não acredito que vamos tocar com o Nelly. Não posso acreditar”.

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up