11 de outubro de 21 Autor: Maria Eloisa Barbosa
Fearless (Taylor’s Version) retorna ao #1 da Billboard 200

O Fearless (Taylor’s Version) de Taylor Swift retornou ao primeiro lugar na parada de álbuns Billboard 200 para uma segunda semana não consecutiva no topo da lista. O álbum saltou da posição 157 para a número 1 com 152.000 unidades equivalentes de álbuns vendidas nos EUA na contagem semanal que terminou em 7 de outubro (um aumento de 1.931% nas vendas), de acordo com o MRC Data. O retorno do álbum à primeira posição é um resultado do lançamento de edições de CDs e vinis autografados, disponibilizados apenas na loja virtual de Swift no dia 01 de outubro. Fearless (Taylor’s Version) debutou no topo da Billboard 200 quase seis meses atrás, na lista de 24 de abril.

O chart da Billboard 200 lista os álbuns mais populares da semana nos EUA, baseado em diversas métricas de consumo medidas por unidades equivalentes. As unidades incluem vendas de álbuns, equivalentes de álbuns por vendas de faixas (TEA) e equivalentes de álbuns por streaming (SEA). Cada unidade equivalente representa uma venda de álbum, ou 10 faixas individuais vendidas de um álbum, ou 3.750 streams em plataformas com anúncios ou 1.250 streams pagos/em plataformas com assinaturas de áudio ou vídeo oficiais gerados das músicas de um álbum. A nova lista em que Fearless (Taylor’s Version) retorna ao topo será postada na íntegra no site da Billboard em 12 de outubro.

Das 152.000 unidades equivalentes de álbuns conquistadas por Fearless (Taylor’s Version) na semana concluída em 07 de outubro, vendas de álbuns representam 146.000 (+15,80%), unidades SEA representam 6.000 (-1%, totalizando 8.72 milhões de streams entre todas as faixas) e unidades TEA representam um valor irrisório.

Das 146.000 cópias vendidas na semana, as vendas de CDs representam 77.000, enquanto os discos de vinil, 67.000. O álbum vendeu cerca de 1.000 cassetes e 1.000 downloads digitais. (Fearless (Taylor’s Version) estava com desconto em lojas digitais, o que contribuiu para um aumento de 268% nas vendas digitais da semana).

29% das vendas de CDs até agora foram geradas na semana finalizada em 7 de outubro, coincidindo com a disponibilidade de seu CD autografado, que foi vendido apenas na loja virtual de Swift, por um tempo limitado, durante uma janela de encomendas no final de setembro. (Swift aparentemente assinou tantas cópias que ela “pode nunca mais escrever do mesmo jeito”, já que sua mão “agora está permanente congelada no formato de uma garra”.) Das 400.000 unidades vendidas de Fearless (Taylor’s Version) até o momento, as vendas de CDs representam 264.000 dessa soma — sendo 77.000 unidades vendidas na última semana de acompanhamento.

As 67.000 cópias vendidas do vinil de Fearless (Taylor’s Version) marcam a quarta maior semana de vendas de um álbum em vinil desde que o MRC Data começou a fazer a contagem. evermore tem o recorde, com 102.000 vendas em uma primeira semana disponível. Depois, vem Sour, de Olivia Rodrigo (com 76.000) e Happier Than Ever (de Billie Eilish). 

Fearless (Taylor’s Version) possui duas versões em vinil: uma dourada que foi vendida no site de Swift e varejistas e uma vermelha exclusiva da Target.

As vendas do álbum subiram para 400.00 nos Estados Unidos, o tornando o segundo álbum mais vendido de 2021, perdendo apenas para o evermore, que vendeu 434.000 cópias em 2021. Em terceiro lugar, fica Sour, de Olivia Rodrigo, que vendeu 378.000 cópias. Assim, Swift é dona do primeiro e do segundo álbum mais vendido do ano, como também do álbum mais vendido lançado em 2021, o Fearless (Taylor’s Version). Ainda, folklore é o sétimo álbum mais vendido de 2021, por 228.000 cópias. Ou seja, Swift tem três álbuns entre os 10 mais vendidos de 2021. 

Com o retorno de Fearless (Taylor’s Version) ao primeiro lugar depois de quase seis meses, é o primeiro álbum que depois de várias semanas volta para o número 1 desde novembro, quando What You See Is What You Get de Luke Comb foi para o primeiro lugar após quase um ano. Algo parecido aconteceu com o evermore no inicio de 2021, que também pulou para o primeiro lugar depois de cinco meses com o lançamento do vinil. 

Além disso, com o salto que Fearless (Taylor’s Version) deu da posição 157 para o primeiro lugar, o álbum agora tem o maior salto posicional para o número 1 desde abril de 1997, quando o Life After Death, de The Notorious B.I.G subiu da posição 176 para a primeira. 

Por último, o total de semanas de Swift com um álbum em primeiro lugar sobe para 54. Ela continua a ser a terceira artista com mais semanas no topo da lista. Os Beatles detém o primeiro lugar, com 132, seguidos de Elvis Presley, com 67. 

Fearless (Taylor’s Version) é a regravação do álbum Fearless de 2008.  A nova versão possui 26 faixas, incluindo todas as faixas originais, além de possuir músicas bônus, pensadas para o disco, que nunca haviam sido lançadas. 

Matéria publicada pela Billboard e traduzida pela Equipe TSBR.

Próxima notícia >





Twitter do site

Facebook do site