03 de novembro de 13 Autor: Erika Barros
Áudio + resumo: Entrevista de Taylor Swift à Capital FM

cavalo

Taylor Swift está na Inglaterra para alguns compromissos. Hoje (3), a cantora compareceu ao Teen Awards e ao X Factor UK, onde se apresentou com o cantor Gary Lightbody.

Nos bastidores do programa, Taylor conversou com a rádio Capital FM, numa entrevista de 12 minutos que pode ser ouvida abaixo:

No papo, ela disse que está muito empolgada com o novo disco, no qual já está trabalhando, e que seu fim de ano vai ser muito agitado, com diversas premiações. A entrevistadora Max Akhtar comenta, então, sobre os cincos shows de Taylor na O2 Arena, em Londres, completamente esgotados. “Vai ser muito empolgante trazer a produção completa pra cá, porque é isso que eu amo muito em turnês, poder fazer um espetáculo. E o fato de que os fãs foram tão generosos e compraram ingressos e esgotaram esses cinco shows!

A repórter conta a Taylor que Ellie Goulding esteve no programa e falou sobre o show da Red Tour em Los Angeles no qual fez uma participação especial. Ellie revelou que estava muito nervosa e que Taylor a acalmava. “Taylor estava com um short de cintura alta, e eu me senti muito baixa e gorda do lado dela,” teria dito Ellie. “Não! Ela estava linda!,” protestou Taylor.

Max disse ainda: “A Selena Gomez também esteve no programa e disse: ‘Taylor tem o hábito de fazer as pessoas sentirem que não é culpa dela’, mas as garotas sempre se sentem baixas e gordas perto de você!” e Taylor replica: “Não! Essas são tipo duas das pessoas mais lindas que eu conheço falando isso. É loucura! Ellie é maravilhosa, e quando ela começou a cantar, eu me lembro do efeito que ela causou na minha banda. Eles se entreolhavam e ficavam tipo ‘é assim mesmo que a voz dela soa!’. Porque quando você ouve uma música da Ellie Goulding você fica tipo ‘Qual será o efeito que usaram na voz dela?’ e é tipo ‘Não, ela soa assim mesmo!’

Ainda sobre os convidados da turnê, Taylor conta que Jennifer Lopez é muito divertida e calorosa, além de extramente focada e profissional. Akhta conta ainda que o cantor Nelly, em passagem pelo programa, afirmou: “Taylor sabe o que está fazendo, vocês não precisam tomar conta dela. Ela é a chefe,” no que Taylor exclamou: “Quero esse arquivo de áudio para usar na minha caixa postal.

A conversa foca, então, em Ed Sheeran. A repórter menciona o empurrão que Taylor deu à carreira do ruivo nos Estados Unidos, com a parceria na música e na turnê, e a participação especial dela no show esgotado de Ed no Madison Square Garden, e pergunta se quando estavam no palco Taylor se emocionou. “Eu estava quase chorando, porque ele me apresentou, e nós estamos lá de pé em frente a um Madison Square Garden gritante e lotado, e todos eles compraram ingressos com o nome dele escrito. Sabe, eu estava muito orgulhosa dele. Acho que, pra ele, o sucesso no mundo todo é inevitável, tipo, vai acontecer. Ele é incrível, ele é talentoso, tem um disco maravilhoso. Mas, sabe, o fato de que pôde acontecer tão rápido é que me deixa orgulhosa. Nós tocamos em um estádio em New York meses atrás, e então eles colocaram à venda os ingressos do MSG, e claramente grande parte das pessoas que foram nos ver queriam vê-lo.”

Eu fiquei emocionada porque era pra ele. Eu pude ver o quão feliz ele estava. Nós dois tocando com só dois violões e um loop pedal foi realmente divertido. Porque nós tocamos aquelas músicas outras vezes, mas nunca só acústica.

Espero que ele suba ao palco com você no UK!,” diz Max. “Eu também!” afirma Taylor.

Não sei se você está ciente disso,” começa Max. “Mas os homens te amam. Especialmente estrelas pop.”
Isso é bom pra minha auto estima! Do que você está falando?,” pergunta Taylor.
Max: “Todos esses garotos que vieram ao meu programa ficaram tipo ‘Ai meu Deus, ela é muito gostosa’, mas eles tem muito medo de se aproximar! Qual é o segredo?”
Taylor: O quê? É muito legal de sua parte dizer isso, porque eu sei que não é verdade!
Max: Confie em mim, eles são doidos por você! Como eles podem ter a sua atenção?
Taylor: Quem são eles?
Max: Tem muitos! Toda boyband que já veio ao meu programa!
Taylor: Ninguém nunca fala comigo!

Como, então, eles podem se aproximar? “Você sempre pode chegar e dizer oi, fazer alguma dessas coisas. Podem bater na minha porta… quando você tem diversas pessoas ao redor de você, significa que alguém vai atender e me dizer ‘então, tem alguém que quer te dar oi’ e eu vou mandar que entrem para me cumprimentar,” conta Taylor. “Isso tudo não precisa ser intimidador. Mesmo que tenha um segurança grandão ali fora… é só o Greg! Eu sempre tentei ser uma pessoa normal quanto à isso. Eu nunca vou ser estranha com alguém que queira me dar um oi.

Sobre o próximo álbum, Taylor se diz estar animada já que já compôs diversas canções para ele. “Estou morrendo de vontade que as pessoas as escutem! É tão estranho ainda estar promovendo o Red, ainda ter orgulho do Red e agora eu estou criando uma coisa que é tão diferente do Red. Eu fico feliz pelo sucesso do Red mas eu sei que, caso queira continuar tendo sucesso, não posso fazer um Red 2.0“. Ela ainda completa que, “muitas coisas aconteceram comigo no último ano e meio e que eu posso me inspirar a partir delas… e vai ser bem interessante“. Enfatiza também o fato de que é a partir de suas músicas que ela tem a oportunidade de contar as histórias sobre o que aconteceu com ela, uma vez que não fala sobre a vida pessoal em entrevistas.

Ao ser perguntada sobre os “swifties”, ela expressa o quanto os ama. Fala sobre como eles são criativos e que, quando está tendo um dia ruim, abre o twitter para ler o que os fãs estão dizendo e o que importa para eles. Isso, inclusive, é levado em conta quando ela está trabalhando em algum material novo. Aponta ainda, o quanto ela aprecia que eles sejam gentis uns com os outros e com os fãs de outros artistas.

Por fim, ela fala um pouco sobre o novo single no Reino Unido, “The Last Time”: “Snow Patrol é uma das minhas bandas prediletas e o Gary Lightbody tem, fácil, uma das minhas vozes favoritas. Eu fui tão sortuda de poder compor com ele para o álbum e, então, implorei para ele que cantasse também. E ele é uma das pessoas mais animadas, tranquilas e maravilhosas que eu conheço. E quando você tem um heroí musical, conhece ele e vê que ele é tão legal é uma vantagem enorme.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up