21 de novembro de 13 Autor: Erika Barros
Scans traduzidos: Taylor na Country Weekly de Novembro

banjo21

Taylor Swift é um dos destaques na edição de 11 de Novembro da revista americana Country Weekly. Além de um artigo sobre a cantora, cuja tradução você confere neste post, a publicação traz uma nota sobre a abertura do Taylor Swift Education Center em Nashville e uma receita para fazer biscoitos similares aos que Taylor dá de presente à radialistas quando visita seus programas.

Veja os scans em nossa galeria:

003.jpg002.jpg 003.jpg  001.jpg  002.jpg

Momentos (e biscoitos!) com Taylor Swift

Há algumas semanas, fui perguntando sobre quem eu gostaria que fosse o primeiro convidado em estúdio do America’s Morning Show. Sem hesitação, minha resposta foi Taylor Swift. Somos amigos há muito tempo, e ela está mais em alta do que tudo no momento. Com todas as músicas chegando ao topo das paradas e todos os álbuns virando multiplatina, Taylor está trazendo uma enorme onda de fãs para a música country. Então, ela foi a escolha óbvia em muitos níveis.
No minuto em que ela entrou pelas portas, nosso prédio se tornou elétrico. Foram 30 minutos de rádio ininterrupto. Nada além de nós e Taylor. Nós falamos sobre cozinhar. Falamos sobre sair em turnê. Sobre Luke Bryan. E sobre sua gatinha, Meredith.
Se você foi um dos 1,3 milhão de fãs a ver um dos 66 shows esgotados de Taylor na América do Norte pela Red Tour, então você sabe que essa mulher sabe se apresentar. Encho-me de orgulho quando vejo o quão longe ela chegou, da menina de 15 anos que, com o violão em mãos, entrou em meu estúdio oito anos atrás. Agora, minha filha mais nova se inspira em Taylor como Taylor fez com muitos artistas antes dela. Ela conhece a sensação de querer que seus sonhos se tornem realidade.
E eu imagino que essa seja uma das razões para que a experiência dos fãs seja uma parte de seus shows ao vivo. Toda noite, enquanto Taylor está no palco, a equipe dela procura por alguns dos fãs mais loucos na arena e os trazem para a primeira fila e para os bastidores, na “Red Vibe Room”. “É uma sala parecida com uma tenda, com mobília e comida e lanches e doces, e é tudo vermelho,” disse Taylor. Os fãs sortudos ganham a chance de passar um tempo com Taylor e tirar fotos. É uma experiência de uma vez na vida, para dizer no mínimo.
“É louco ter a parte Norte-Americana da Red Tour finalizada,” ela disse sobre o final da turnê. “Nós começamos a planejá-la quase um ano antes de começar. E agora está acabada.” No inverno, ela vai para a Austrália e Nova Zelândia, bem como para o Reino Unido.
Taylor também doou seu tempo e dinheiro para a criação do novo Centro Educacional Taylor Swift no Country Music Hall of Fame and Museum em Nashville. Taylor diz que queria um local para as crianças terem experiências reais com a música, serem capazes de se expressar livremente, do mesmo modo que ela fez quando pegou um violão pela primeira vez.
Não que compor canções seja a única coisa que ela faça bem: aquela garota também sabe cozinhar! Ela presenteou nossa equipe com cookies de hortelã-pimenta e chocolate, uma receita que encontrou no Pinterest. Em uma palavra? Maravilha!
Para ouvir a entrevista completa, visite nashfm947.com

Blair Garner





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up