Em uma entrevista com Scott Hardy, CEO da companhia ‘Polaroid’, Taylor Swift foi creditada como a “salvadora” de uma das marcas mais icônicas da história da tecnologia, a volta das câmeras instantâneas Polaroid.

“Houve um ressurgimento enorme das câmeras Polaroid, essa geração ama a sensação de nostalgia e a qualidade retrô que nossa marca representa”, declarou Hardy. “E o ‘1989’ da Taylor Swift ajudou a aumentar mais ainda nosso crescimento, e agiu como prova de a marca ainda é relevante para os jovens”.

“A câmera instantânea não é para usuários pragmáticos, é mais para os jovens que nunca tinham visto fotografia instantânea, pra eles é mágico. É uma história qual você pode realmente fotografar, imprimir e ter em suas mãos”, disse.

Não só a capa, como o ensaio fotográfico do novo álbum de Taylor foram feitos com esse tipo de câmera bastante popular nos anos 80. Além disso a cantora também passou registrar todos os momentos da era “1989” com sua câmera pessoal, assim apresentando a marca e esse estilo de fotografia a seus fãs que, em sua maioria, já estão acostumados com toda tecnologia das câmeras digitais e smartphones.

“A equipe dela veio até nós e nos contou sobre o seu novo álbum, ‘1989’, que foi o ano de seu nascimento. Eles disseram que adorariam um tema inspirado em polaroids, então fizemos uma colaboração bacana com eles e distribuímos 13 fotografias com a edição especial do disco”, explicou Scott. “Ela escreveu pessoalmente no espaço abaixo de cada foto e nós as empacotamos. Foi um dos lançamentos mais bem sucedidos da história, e continua indo muito bem.”

Confira todas as 65 polaroids diferentes que acompanham a edição física do “1989” clicando nas miniaturas abaixo:

     





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up