11 de agosto de 20 Autor: Julia Cardoso
As teorias do folklore

(Estaremos atualizando esse post conforme novas teorias surgirem)

O oitavo álbum da Taylor, “folklore”, nos pegou literalmente de surpresa em todos os aspectos possíveis — do lançamento inesperado à mudança na sonoridade e aos artistas escolhidos para trabalhar com ela no projeto.

O que mais chamou a atenção foi que, dessa vez, a fonte de inspiração foi mais externa do que pessoal. Claro que o talento e a perspicácia da loirinha quando o assunto é composição não é nenhuma novidade, mas a história que ela escolheu contar em “folklore” parece ter saído direto das páginas de um romance antigo.

Antes do lançamento, Taylor já havia falado que três músicas do álbum contavam a história de um triângulo amoroso de ensino médio sob diferentes perspectivas. Logo os fãs apontaram que essas três são: Cardigan, August e Betty (falaremos mais sobre elas já já).

Uma teoria bastante interessante que surgiu no Reddit, no entanto, vai muito mais além e conecta todas as músicas do álbum nessa mesma história, que teria sido inspirada na vida de Rebekah Harkness, antiga dona da mansão de Taylor em Rhode Island.

Encarar toda a narrativa do álbum como uma história só faz sentido se pensarmos no conceito de “folklore” que a própria Taylor reforçou no prólogo, dizendo “Um conto que se torna folclore é aquele que é passado pra frente, comentado sobre e às vezes até cantado sobre.”

Ah, e só mais um detalhe. Rebekah também era conhecida como Betty. Coincidência? Confira a tradução da teoria que o usuário do Reddit compartilhou:

“Postei isso originalmente em uma thread de discussão sobre o folklore mas sugeriram que eu fizesse um post inteiro sobre então aqui está:

Basicamente eu interpretei esse álbum como a história folk por trás da vida dos antigos donos da casa da Taylor em Rhode Island contada em três partes. Aqui eu coloquei os nomes das músicas, minha opinião a respeito de como ela se encaixa no álbum e alguns trechos para endossar. Me contem o que acharam.

O AFFAIR

August – Basicamente é o começo da traição.

“Sussurros de “Você tem certeza?”

“Nunca fiz isso antes”
“Você não era meu pra perder”

Mirrorball – Descreve detalhes das coisas que eles fizeram.

“Eu vou te mostrar todas as suas versões hoje à noite”

“Silêncio, quando ninguém estiver por perto / você vai me encontrar nas pontas dos meus pés, bem alto

Betty – Retornando à escola naquele ano de formatura e James descobrindo que Betty sabe da traição e tentando se desculpar.

“Do por que você mudou de sala / mas eu acho que é por minha causa”

“A pior coisa que eu já fiz foi o que eu fiz com você”
“Se eu te dissesse que foi apenas uma coisa de verão? / Tenho só 17 anos, não sei de nada”

Cardigan – Reação da Betty à traição, ela não lida muito bem

“Vá atrás de duas garotas, perca a certa”

“Quando você é jovem eles acham que você não sabe de nada”

“Peter perdendo a Wendy / Eu conhecia você / Indo embora como um pai”

Illicit Affairs – A amante contando o caso sob a sua perspectiva

“Se certifique que ninguém te viu sair”

“O que começou em quartos bonitos / Termina com encontros em estacionamentos”

“Assim você não deixa nenhum rastro”

Exile – Betty e James cantam um pro outro e Betty termina oficialmente com ele.

“Eu não sou mais problema seu”

“Sempre andamos em uma linha muito fina”

“Eu acho que já vi esse filme antes / e não gostei do final”

The 1 – Betty tenta se convencer que ela superou James e está tentando esquecê-lo.

“Se você nunca sangrar, nunca vai crescer / Mas está tudo bem agora”

“Teria sido você / e teria sido divertido / se você fosse o certo”

“Os amores mais épicos de todos já chegaram ao fim”

______

HISTÓRIA DO JAMES

This Is Me Trying – James está tentando desesperadamente consertar as coisas com Betty mas não está dando certo. A essa altura eles parecem ter se formado no ensino médio.

“Estou tendo dificuldade em me ajustar”

“Tenho muitos arrependimentos sobre isso”

“Eu só queria que você soubesse que esse sou eu tentando”

Peace – James entende que a única maneira de conseguir ficar em paz com Betty é saindo da cidade, então ele vai para o exército (tenha em mente que se isso está relacionado à vida da Taylor, podemos entender que a história de Betty e James se passou por volta de 1900).

“Nossa maioridade chegou e se foi / De repente ficou claro, nesse verão”

“Mas eu morreria por você em segredo”

“Sentaria com você nas trincheiras”

Epiphany – James morre em uma batalha

“Mantenha seu capacete, preserve sua vida, querido / Apenas uma ferida aberta, aqui está seu rifle”

“Com você eu sirvo, com você eu caio”

“Apenas um vislumbre de alívio / para fazer sentido o que você vê”

My Tears Ricochet – Funeral do James

“Eu não queria ter ido dessa pra melhor”

“E se eu morri pra você, por que você está no velório?”

“Você teve que me matar mas isso te matou da mesma forma”

Hoax – Betty enlouquece por não conseguir lidar com a morte de James

“Isso me despedaçou / Minha faca torcida”

“Parou ao lado do penhasco gritando “Me dê uma razão”

“Meu reino se desfez”

___________

Desfechos

Mad Woman – Betty deixa a cidade e se muda para Rhode Island (se casando novamente)

“Que vergonha, ela pirou / Ninguém gosta de uma mulher louca / Você a deixou assim”

“Cada vez que você me chama de louca, eu fico mais louca”

– O contexto dela se mudando para Rhode Island está em “The Last Great American Dinasty”

Seven – Taylor Swift nasce na Pennsylvania e está vivendo sua infância.

“Mas eu, eu estava bem alto no céu / Com a Pennsylvania abaixo de mim”

“Chá doce no verão”

“Passado adiante como músicas folk” (basicamente dizendo que o álbum inteiro é uma história folk sobre a casa de Rhode Island

Invisible String – Taylor fala sobre sua vida adulta e seu relacionamento com Joe Alwyn, fazendo um paralelo sobre como ela e a história de Betty e James estão conectadas.

“Eu costumava pensar que iria conhecer alguém lá”
“O tempo todo havia uma linha invisível / me amarrando a você”

The Last Great American Dinasty – Betty está morta e Taylor compra a casa de Rhode Island onde ela costumava viver.

“Rebekah (Betty) desistiu do cenário de Rhode Island pra sempre”

“Lá se vai a mulher mais sem vergonha que essa cidade já viu / Ela passou um tempo maravilhoso arruinando tudo”

“Cinquenta anos é muito tempo / Livre de uma mulher e suas loucuras, seus homens e seus hábitos ruins / E aí foi comprada por mim”

Atualização: Rebekah Harkness, a mulher que realmente foi dona da casa de Rhode Island antes da Taylor era conhecida como “Betty”. Então a ideia de Betty ser a Rebekah e vivendo na casa no passado confere!!

_____

Interessante, né? Mas além dessa há várias outras teorias circulando por aí para cada música, individualmente. Essas são algumas:

The 1 – Harry Styles

Mad WomanTreta Scott x Scooter

Betty – Nomes das filhas de Blake Lively e Ryan Reynolds ou uma música para a Karlie Kloss, cujo nome do meio é Elizabeth

Uma possível referência a Friends

Uma possível música Queer

Invisible String: Breve referência a Joe Jonas

Há ainda uma teoria de que James teria matado Inez, você pode conferir na thread abaixo:

E aí Swifties, o que acharam das teorias? Mandem pra gente as de vocês!





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up