Escrito por Airton em 08 de fevereiro de 2017

Tom Hiddleston sobre namoro com Taylor Swift: “Claro que foi real”

Sabemos que o romance da Taylor Swift com o astro da Marvel, Tom Hiddleston deu o que falar no ano passado, eles jantaram em restaurantes, viajaram para Inglaterra para conhecer a família do ator, e para a Austrália, onde ele estava filmando seu último filme. Em recente entrevista do ator para a revista GQ, Tom foi questionado sobre seu romance com a cantora. E foi todo elogios para a loirinha.

“Taylor é uma mulher incrível. Ela é generosa, doce, amável e nós passamos um ótimo tempo juntos.” Mas o que a revista queria mesmo saber, era se todo o namoro foi real, já que houve especulação da mídia que tudo não passou de marketing. Então, após questionado, Tom disse “Claro que foi real.” 

O entrevistador ainda quis saber mais sobre a Austrália, e sobre o feriado de 4 de julho, no qual Tom passou junto com Taylor e seus amigos na casa de praia da cantora, e que chamou atenção e gerou muitas manchetes, pois ele estava usando uma camisa escrito “I love T.S.”.

“A verdade é que era 4 de julho e um feriado público e nós estávamos brincando de um jogo e eu escorreguei e machuquei minhas costas. E eu queria proteger o machucado do sol e perguntei ‘Alguém tem uma camisa’ e uma das amigas dela disse ‘Eu tenho essa’. E todos nós rimos sobre isso, foi uma brincadeira.” Explicou Tom. “Eu tenho que ser psicologicamente muito forte para não deixar que as interpretações de outras pessoas sobrem minha vida me afetem. Nós sempre saberemos o que foi. As narrativas que surgiram foram completamente extrapoladas a partir de imagens que foram tiradas sem consentimento, sem contexto. Ninguém tinha o contexto dessa história. E eu ainda estou tentando descobrir uma maneira de ter uma vida pessoal e protegê-la, mas também sem se esconder. Então o mais difícil é que isso foi uma piado entre amigos no 4 de julho.” 

E ele não conseguia mais parar de falar sobre o assunto. “Eu fiquei surpreso que isso chamou tanta atenção. A estampa de uma camiseta virou emblema disso.”

O resto da entrevista pode ser conferida (em inglês) no link abaixo.

Fonte: GQ