Representante de Taylor desmente esposa de Scooter Braun


  • Escrito por

  • Publicado em 30 de junho de 2019

Após Taylor Swift relatar seu despontamento com a venda de seu catálogo à Scooter Braun, uma série de pessoas envolvidas no acordo começaram a se pronunciar, incluindo a esposa do empresário que afirmou que a Taylor sabia sobre a compra antecipadamente e, supostamente, estaria se fazendo de vítima, pois seu pai, Scott Swift, é um dos acionistas da Big Machine Records.

Porém, um porta-voz de Taylor acaba de esclarecer à PEOPLE que Taylor só soube da notícia hoje quando acordou.

“Scott Swift não está no conselho de diretores [da gravadora] e nunca esteve.

Em 25 de junho, houve uma ligação entre acionistas que Scott Swift não participou devido a um contrato de confidencialidade muito rigoroso que resguardou todos os participantes e proibia qualquer discussão de informações sobre essa reunião com risco de multa severa.

O pai dela não participou dessa ligação, pois não queria ser obrigado a reter qualquer informação de sua própria filha.

Taylor descobriu nos noticiários quando acordou, antes de ver qualquer mensagem de Scott Borchetta. Ele também sequer ligou para ela antes.”


Tags

Comentários