banner6

Taylor Swift acabou de conseguir uma ordem de restrição contra um homem que acredita ser casado com a cantora e que prometeu matar qualquer um que ficar entre eles – incluindo o Secretário de Estado John Kerry.

Nos documentos legais, Taylor afirma que Timothy Sweet tem a perseguido desde janeiro de 2011. Timothy já enviou vários e-mails, cartas e posts em redes sociais declarando o seu amor por ela.

Entre as mensagens:

“Se alguém da família de Taylor Swift for assassinado, não será minha culpa.”

“Minha esposa, Taylor Swift, e eu vivemos em Beverly Hills. Eu estou apaixonado por ela. Concluindo, nós nos tratamos com muita dignidade e respeito. Eu carregarei uma arma para protegê-la pelo resto da minha vida”

“Querida Taylor, eu vou matar qualquer homem que ficar no caminho do nosso casamento. Mensagem para John Kerry, o secretário de Estado. Mensagem do SEU candidato presidencial.”

Taylor diz que está preocupada com a sua segurança e com a de sua família.

O juiz ordenou que Timothy Sweet deve manter no mínimo 100 metros de distância de Taylor e de 3 membros de sua família.

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up