Uma das revistas americanas de maior influência no meio musical e artístico dos Estados Unidos, a Forbes, publicou em seu site um artigo comentando o Blackout que Taylor Swift fez suas redes sociais recentemente. Caso você não tenha visto (o que achamos bem difícil) você pode conferir tudo sobre o assunto clicando aqui.

Confira abaixo a tradução da postagem:

Taylor Swift exclui mensagens em suas redes sociais e causa chilique coletivo na Internet!

 

Quando você é a maior estrela do planeta, você não precisa dizer uma palavra para que milhões de fãs falem sobre você.

Taylor Swift provou isso hoje, quando apagou mensagens de suas redes sociais e publicações do perfil do Instagram (onde a cantora possui 102 milhões de seguidores), Twitter (85,4 milhões) e Facebook (75 milhões). As páginas do TaylorSwift.com e do Tumblr da artista foram removidas e substituídas por páginas pretas.

Os fãs rapidamente tomaram o apagão das redes sociais como um sinal de que Swift anunciará em breve o seu tão aguardado sexto álbum de estúdio. #TS6IsComing rapidamente tomou conta dos trendings mundiais no Twitter, e os fãs mais astutos observaram que hoje marca o aniversário de três anos do anúncio da era “1989”, seu álbum 6x platina e vencedor do gramofone de Album of the Year.

O lançamento do álbum de Swift é apenas um dado virtual, então o anúncio final não é inesperado. No entanto, os insaciáveis fãs de Swift, conhecidos como Swifties, clamaram por qualquer sinal de que a nova música da estrela do pop esteja a caminho. O blackout em seu site e em suas redes sociais agrega combustível ao fogo de que um anúncio é iminente. Dada a história de Swift, o anúncio pode ser esperado, meticuloso, bem elaborado e perfeitamente on-brand, do ponto de vista do marketing. Na verdade, é provável que o apagão, de alguma forma, se encaixe no tema do álbum. (“Blank Space” 2.0?)

Swift permaneceu em grande parte ausente das mídias sociais em 2017 antes do apagão. Ela só foi tocada diretamente uma vez neste ano (no show pré-Super Bowl transmitido pela DirecTV), mas dominou as manchetes sem parar com seu retorno aos serviços de streaming, sua vitória legal de agressão sexual, na sua participação na trilha-sonora de Fifty Shades Darker, entre dezenas de histórias menores (incluindo aquela foto que fez o mundo questionar tudo.)

Quando Swift voltar ao meio digital será interessante ver se e como as marcas registradas que apresentou no início deste ano entraram em jogo. Eu especulei em março (e continuo a acreditar) que a superestrela, em breve, lançará um clube de fãs oficial – um movimento lucrativo de que ela se absteve no passado. Não que Swift esteja doendo por dinheiro: FORBES estima seu patrimônio líquido em U$ 280 milhões.

Muito se especula ainda sobre a possível data de anúncio, lançamento e divulgação do que pode (ou não) ser o primeiro single do tão aguardado sexto álbum de estúdio de Taylor. É claro que alguns rumores já circulam com possíveis datas, mas até o momento nenhuma informação é concreta e embasada o suficiente para ser apresentada. Enquanto não sabemos quais são os próximos momentos, vamos viver e sonhar com o que temos atualmente!

Fique sempre atento em nossas redes sociais para mais notícias e informações!

Fonte: Forbes.com





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up