blank

O vídeo para o novo single de Taylor, “Blank Space”, foi colocado no ar um pouco antes do previsto. Com estréia programada para a manhã da próxima terça-feira (11) durante o programa matinal Good Morning America, o vídeo acabou sendo lançado em todas as plataformas oficiais de Taylor nesta segunda, você já pode assistir clicando aqui.

Joseph Kahn, o diretor do vídeo, concedeu uma entrevista ao Mashable onde revelou detalhes sobre a produção do vídeo e como foi trabalhar com Taylor. Leia abaixo:

O supermodel Sean O’Pry faz o interesse amoroso de Swift no vídeo e [Joseph] Kahn disse ao Mashable que “Taylor especificamente escolheu ele por nome – ela já tinha uma visão”.

“Ela está muito ciente de uma coisa em particular que está acontecendo no momento – a ideia de que se você a namorar e terminar com ela, ela vai escrever uma música sobre você”, explicou Kahn, quee disse que Swift é uma das pessoas mais inteligentes com quem ele trabalhou em seus 20 anos de carreira como produtor de clipes.“Ela está ciente disso. Ela não é idiota. Taylor quis fazer um vídeo que ressaltasse este conceito, se tem tantos caras terminando com ela, talvez o problema não seja eles, talvez o problema seja ela.”

Em um momento do vídeo, Swift enlouquece com um taco de golf. Kahn disse que o escândalo de Tiger Woods em 2009 quando traiu sua mulher, e ela o perseguiu em volta da casa com um taco de golf após saber da sua infidelidade, inspirou esta parte de “Blank Space”.

“Queríamos fazer uma versão engraçada disso, de Taylor sendo o pesadelo”, disse Kahn que já dirigiu vídeos pra Madonna, Rihanna, Lady Gaga, Britney Spears, e Janet Jackson, além de outras. “Ela foi muito meticulosa: Trouxe esses conceitos, ideias e referências. Quando você tem um artista que quer testar a sua imagem, é sempre um território maravilhoso de se trabalhar.”

É um vídeo apropriado pra uma música pop que é admitidamente debochada (“tenho uma longa lista de ex-amantes, eles vão te dizer que sou louca”, Swift canta), também é introspectiva e de auto-reconhecimento.

Sabe o que é engraçado? Quando ela me ligou eu estava assistindo Laranja Mecânica”, disse Kahn. “Não que o vídeo seja estilo [Stanley] Kubrick ou qualquer coisa assim, mas há muita simetria e enquadramento simétrico aqui – como, por exemplo, há uma cena de dois cavalos no início e isso é uma cena muito Kubrick.”

Perto do fim, Swift morde o lábio de O’Pry, esfaqueia um bolo em forma de coração, leva um machado a uma árvore onde escreveu seus nomes e faz fatias das roupas de O’Pry em um momento de fúria.

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up