Há alguns dias foi noticiado que Taylor Swift seria honrada no final deste ano com o prêmio ‘Social Change Award’ no Ripple Of Hope Awards, um prêmio em reconhecimento de todos os seus esforços em atos de caridade. A partir daí críticos começaram a manifestar suas opiniões pelo fato de a premiação ser comandada pela organização Robert F. Kennedy Center for Justice & Human Rights, que pertence a família Kennedy.

Como acompanhadores assíduos da vida de Taylor, todos nós sabemos que nos últimos meses ela tem se aproximado cada vez mais da famosa família Kennedy. Ela até comemorou o feriado americano do 4 de julho ao lado deles, o que incluía Patrick Schwarzenegger, filho de Arnold Schwarzenegger e Maria Shiriver, que é filha de um dos irmãos Kennedys.

Os tabloides apontam que Taylor não mereceria de fato este prêmio, mas só estaria sendo honrada por causa da amizade estabelecida com Patrick, e com os outros membros da família Kennedy.

Ao questionados sobre isso, um representante da organização Kennedy se pronunciou: “O que me impressiona mais sobre Taylor é o trabalho que ela faz longe dos holofotes – sua liderança no movimento educacional, sua generosidade para comunidades devastadas por desastres naturais e, especialmente, sua compaixão é mostrada como uma defensora orgulhosa contra o assédio moral e discriminação LGBT. “

Alguns críticos até chegam a acusar tal feito como nepotismo, uma vez que consideram os rumores de Taylor estar namorando Patrick como verdadeiros.

Porém, todos sabemos também que Taylor tem provado por suas belas ações que realmente é merecedora de tal honra. Logo que este não será o primeiro prêmio recebido em reconhecimento aos seus atos de caridade, pois apenas neste ano, a própria já chegou a receber da primeira dama Michelle Obama o ‘Big Help Award’ no Kids Choice Awards, e também foi indicada em duas categorias no Do Something Awards 2012, todos em reconhecimento de seus esforços filantrópicos.

Fonte

Próxima notícia >

»




Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up