Escrito por Airton em 21 de dezembro de 2016

Ano novo, álbum novo (?): O que sabemos sobre o TS6

Nós já sabíamos que 2016 estava fadado a coisas estranhas acontecendo no momento em que Taylor Swift anunciou que estaria quebrando a sua fórmula infalível e não lançaria um novo álbum assim que o 1989 completasse dois anos de vida.

Agora, todos os sinais apontam que o sexto trabalho da carreira da cantora venha em 2017, apesar de que ainda não exista nada que confirme isso de maneira oficial. Inevitavelmente, os rumores já estão a todo vapor e muitos fazem apostas sobre o que esperar depois que Taylor Swift decidiu migrar oficialmente para o pop e ultimamente tem se aventurado ao compor músicas para outros artistas.

A conceituada revista NME nos deu uma forcinha e reuniu todas as informações que tem circulado até agora:

Com o ‘1989’, Taylor Swift, fenomenalmente, se tornou ainda mais famosa do que era antes. Desde seu lançamento, os fãs tem esperado músicas novas da cantora. Quando vai sair? Como vai ser? Quando vamos ver apresentações ao vivo?

Quando o novo álbum de Taylor Swift vai ser lançado?

Todo mundo pensou que ela o lançaria em outubro de 2016, uma vez que ela lançou todos seus álbuns (menos um deles) com dois anos de intervalo e nesse mês, mas ele chegou e passou sem nem rastro de um novo álbum. Tiveram rumores que a superestrela poderia lançar um álbum surpresa, o que seria uma novidade para ela, mas poderia acontecer. Também existe a sugestão de que o seu show antes do Super Bowl dia 4 de fevereiro possa conter um tipo de aviso sobre o álbum. O show da Beyonce no intervalo do Super Bowl coincidiu com o lançamento do vídeo de ‘Formation’ então, em teoria, poderia indicar alguma coisa. No entanto, as pessoas também pensaram que a apresentação no Grand Prix de Austin em outubro seria seguido de um álbum então sugerimos que você não tenha muita esperança.

Também devemos que considerar o fato de que um álbum nem esteja nos planos. Em maio, Swift falou para a Vogue que ela ia dar um tempo. “É a primeira vez em 10 anos que não sei o que vai acontecer”, ela disse para a revista. “Decidi que depois do ano passado, com todas as coisas inacreditáveis que aconteceram… Decidi que eu vou viver minha vida um pouquinho sem me pressionar para criar algo”.

Uma de suas melhores amigas, Gigi Hadid, deixou escapar para o Entertainment Tonight que a cantora estava no estúdio e a agradeceu por ir ao lançamento de sua coleção com Tommy Hilfiger em setembro. “Ela é obviamente uma ótima amiga, e você sabe que ela está voltando ao estúdio, e arranjou tempo de vir até aqui, e estou muito grata por isso”, Hadid disse. Claro que esse tempo no estúdio pode ter sido para a colaboração com Zayn Malik em “I Don’t Wanna Live Forever”.

Como vai soar?

Foi especulado anteriormente que Swift teria recrutado Drake para a ajudar a fazer um álbum de “sons mais ousados, como R&B e hip-hop”. A notícia veio de uma fonte não identificada então deve ser encarada com uma colher de chá, mas nem a equipe de Taylor ou a do Drake negaram a afirmação, o que sugere que é verdade. Fora isso, não temos pistas reais ainda.

Já vimos a composição de arte?

Ainda não.

Como vai se chamar?

Não tem um título oficial ainda, mas se você quiser falar sobre, os fãs de Swift estão chamando de TS6.

Com quem ela tem trabalhado?

Além de ter sido especulado que ela estaria trabalhando com Drake, também foi ventilado que a estrela teria trabalhado com a Kesha em músicas novas. Não foi confirmado, mas Kesha postou uma selfie no Instagram com a legenda: “Fazendo uma música de FODA-SE com a pessoas casual e secreta que já ganhou um Grammy”. Fãs imaginam que a vencedora seja Swift, especialmente depois de ver que a foto que mostra Kesha no estúdio de Max Martin. O produtor foi um dos colaboradores do 1989, claro.

O que ela tem feito desde o ‘1989’?

Swift pode não ter lançado o álbum que os fãs querem ouvir ainda, mas isso não significa que ela não esteja fazendo nada. Ela tocou em algumas datas nos Estados Unidos e na Australia, incluindo uma apresentação no Grand Prix de Fórmula Um em Austin, no Texas em outubro e esteve nos Grammys em fevereiro.

Na cerimônia, ela também recebeu três prêmios: melhor vídeoclipe por ‘Bad Blood’, Melhor Álbum Pop Vocal e Álbum do Ano por ‘1989’. O último prêmio fez dela a primeira mulher da história a ganhar o prêmio de Álbum do Ano duas vezes. Alguns dias depois dos Grammys, ela incluiu em sua coleção de prêmios o NME Award de Melhor Artista Solo Internacional.

Ela também não superou o ‘1989’ completamente em 2016. No começo do ano ela lançou o vídeo de “Out of the Woods” e, alguns meses depois, deu continuidade com um para ‘New Romantics’.

Antecipando seu suposto trabalho com Drake, Swift apareceu em um comercial para a Apple Music cantando uma música dele enquanto corria em uma esteira. No ano anterior, a cantora tinha feito um lobby para que a companhia pagasse os artistas de maneira mais justa por eles permitirem que suas músicas fossem transmitidas via stream. Ela continuou a tentar e ajudar os colegas músicas com 2016 ao assinar a petição pela reforma da lei de direitos autorais digitais ao lado de Sir Paul McCartney, Trent Reznor e outros.

Ela fez o bem de outras maneiras, também. Em agosto ela doou 1 milhão de dólares para o fundo de amparo das enchentes na Louisiana depois que o estado foi devastado por uma enchente. Ela também deu $250,000 para ajudar Kesha em sua batalha na justiça contra o produtor Dr. Luke, a quem ela estava processando por “manipulação mental, abuso emocional e assédio sexual”. Swift também doou $5.000 para a família de uma fã que morreu em um acidente de carro.

Não foi um ano em que Swift passou em branco na música, também. Foi revelado depois do término de seu relacionamento com Calvin Harris que ela tinha composto sua colaboração com Rihanna, ‘This Is What You Came For”, que foi originalmente creditada para Nils Sjoberg, que seria um compositor sueco. Ela também foi revelada como a misteriosa compositora por trás do hit country ‘Better Man’ dos também vencedores de Grammy, Little Big Town.

Em dezembro também foi revelado que ela tinha trabalhado com o antigo membro do One Direction, Zayn Malik, na música tema para o filme Cinquenta Tons Mais Escuros. ‘I Don’t Wanna Live Forever’ foi lançada dia 9 de dezembro.

Foi confirmado em novembro que a estrela seria o assunto de seu próprio programa de TV, o Taylor Swift Now. Parte do serviço de streaming da DirectTV, será composto de “vídeos únicos e nunca antes vistos”. Também foi anunciado que ela tinha assinado um acordo com a Glu Mobile para desenvolver seu primeiro aplicativo de jogo. A companhia já lançou os jogos de Kim Kardashian e Katy Perry, e recentemente assinou um acordo com o chef Gordon Ramsay. Não é de se duvidar que ela seja a celebridade mais paga de 2016 segundo a lista da Forbes.

Nem tudo foi bom para Taylor Swift neste ano, no entanto. Ela teve que lidar com Kim Kardashian e Kanye West vazando vídeos da ligação que West fez parar pedir aprovação para sua letra controversa de “I feel like me and Taylor might still have sex/Cos I made that bitch famous” na sua faixa ‘Famous’. Também teve o procesos que ainda corre na justiça contra um DJ de rádio a quem Swift acusa de a ter apalpado em um meet-and-greet em 2013.

Ela sairá em turnê este ano?

É pouco provável que ela se apresente de novo em 2016, ao menos que ela faça um show secreto (o que, de novo, parece improvável). Em 2017, ela só tem uma data confirmada até aqui, mas esperamos que ela faça uma turnê assim que o novo álbum seja lançado, quando quer que isso aconteça.

A data confirmada? O show já mencionado pré-Super Bowl em Houston dia 4 de fevereiro.

Fonte: NME