taylor-swift-performs-prudential-center

Ainda que a RED Tour já tenha esgotado gigantescos estádios, parece que Taylor Swift vem enfrentando infortúnios em alguns de seus shows.

Primeiro, a cantora teve que suportar a fúria da Igreja Batista de Westboro, agora um homem foi preso em um de seus shows depois de postar ameaças de morte na internet antes do show.

Joseph Jackson, um homem de 28 anos de Clarksburg, Pensilvânia, assistia ao show de Swift no Heinz Field, em Pittsburgh, no sábado (6 de julho), quando policiais foram alertados após ele postar que ela (Swift) “devia perecer e morrer” e, ao mesmo tempo, carregando cartazes que continham o oposto com escritas “Eu amo você” e “Taylor Swift está com Satanás”.

As mensagens tinham sido postadas na página do Facebook oficial de Taylor. A polícia prendeu Jackson em seu assento durante o concerto.

Também não é só Taylor Swift que passa por esses transtornos. Um fã da cantora Pink também foi preso na Austrália após postar que iria ao concerto da cantora para plantar uma bomba.

Fonte.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up