A cada apresentação da 1989 World Tour, a média de arrecadação bate os 4 milhões de dólares. A informação vem da revista Forbes, que elencou as mulheres mais bem pagas na indústria da música em 2015, com Swift em segundo e 80 milhões, logo atrás de Katy Perry.

Gary Bongiovanni, chefe da companhia Pollstar, que coleta dados de shows, contou a Forbes que as arrecadações da turnê provavelmente levarão Taylor ao topo de qualquer lista de artistas femininas mais bem pagas do ano que vem. “É gigantesca,” falou sobre a 1989 World Tour. “Eu imagino que ela vá arrebatar o que qualquer outro [músico] fizer.”

A 1989 também fará Taylor Swift ser (apenas) a segunda mulher a elencar a lista das 10 turnês mais lucrativas na história, sendo Madonna a primeira a entrar na lista, com sua turnê Sticky and Sweet e uma média de 4,8 milhões de dólares por apresentação.

Segundo reportagem da International Business Times, o sucesso das apresentações não vem só da fama da própria cantora, provavelmente “a mais ouvida e falada do mundo ocidental”. Também está na participação de outras mulheres poderosas que sobem ao palco, incluindo desde atletas como Serena Williams a super modelos, e de atos musicais que sempre surpreendem o público.

Fonte: IBTimes e Forbes





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up