16 de outubro de 19 Autor: Karla Santos
Taylor Swift: Tiny Desk Concert

Enquanto Taylor Swift se acomodava para seu Tiny Desk, ela olhou para os mais de 300 funcionários do NPR e convidados: “Uau, são muitas pessoas em um pequeno escritório!” ela disse. “Eu amo isso!”. Então, depois de se apresentar, ela explicou seu objetivo: “Eu decidi encarar isso como uma oportunidade de mostrar pra vocês como as músicas eram lá no início, quando eu as escrevi.”

Não deveria surpreender que alguém que comanda palcos em estádios pode também comandar um cantinho do nosso escritório NPR Music em Washington, D.C. — atrás da mesa do Bob Boilen, especificamente — mas Taylor Swift estava completamente em casa em seu modo acústico solo. (“Sou só eu. Não tem dançarinos, infelizmente”, ela brincou).

Abrindo com uma versão acústica de “The Man”, do seu álbum Lover (2019), Swift entregou uma crítica às diferenças de tratamento entre gêneros com senso de humor (e um arremesso de cabelo perfeitamente colocado), referência a Leonardo DiCaprio e tudo mais. Indo para o piano para a faixa-título de Lover, ela explicou as cicatrizes de corda de violão citadas na ponte da música. Pegando o violão outra vez para “Death by a Thousand Cuts”, Swift confrontou uma questão que ela diz ter atormentado sua carreira: o que você vai fazer se um dia ficar feliz? Entre os pensamentos fugazes e a busca incansável da música, Swift ofereceu uma resposta: ela vai continuar se destacando na criação de excelentes histórias.

Apesar da maioria das apresentações do Tiny Desk terem apenas três músicas, nós não poderíamos recusar a chance de ouvir “All Too Well” do álbum de 2012 de Swift, Red. Frequentemente citada por críticos e fãs como favorita, a amada faixa se tornou material essencial para os Swifties, acertando em sua especificidade (aquele cachecol!) e relacionável de uma maneira que qualquer um que amou e perdeu pode entender.

O senso de conexão está no coração de tudo. Já foram mais de 800 apresentações no Tiny Desk desde que publicamos o primeiro, em Abril de 2008, mas o objetivo continua o mesmo. No meio de reuniões e videoconferências, os concertos da Tiny Desk oferecem um descanso do dia de trabalho e a oportunidade de ver um artista reimaginar seu trabalho em um ambiente diferente. É sempre especial, mas em alguns dias parece absolutamente mágico. Ver Taylor Swift se apresentar – e depois interagir com colegas de trabalho e convidados que cresceram com ela – foi simplesmente encantador.

SET LIST

  • “The Man”
  • “Lover”
  • “Death by a Thousand Cuts”
  • “All Too Well”

ARTISTA

Taylor Swift: vocais, violão, piano

CRÉDITOS

Produtores: Bob Boilen, Morgan Noelle Smith; Direção Criativa: Bob Boilen; Engenheiros de som: Josh Rogosin, Natasha Branch; Video: Morgan Noelle Smith, Kara Frame, Maia Stern; Produtor Associado: Bobby Carter; Assistente de Produção: Jack Corbett, Mito Habe-Evans; Produção Executiva: Lauren Onkey; VP Senior, Programação: Anya Grundmann; Foto: Bob Boilen/NPR

Para assistir ao vídeo da apresentação completa, clique aqui.

Matéria publicada pelo NPR e traduzida pela equipe TSBR.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up