Taylor Swift sobre os fãs brasileiros: “Fantásticos, loucos e maravilhosos”


  • Escrito por

  • Publicado em 13 de setembro de 2012

Taylor esteve hoje numa coletiva de imprensa no hotel que está hospedada no Rio de Janeiro, como vimos aqui. Taylor falou muito bem de seus fãs brasileiros e sobre seu novo álbum, Red.

Com um vestido florido, sapato coral, batom vermelho e cabelo preso, Taylor concedeu apenas 11 minutos de coletiva. Apesar de ter sido muito simpática, os jornalistas foram avisados que a cantora não responderia a perguntas pessoais.

Sobre uma nova visita a nosso país, ela diz “Adoraria voltar, acho que os fãs iam adorar”. Confira abaixo as perguntas respondidas por nossa loirinha durante a coletiva:

– Por que o nome do Cd é Red?
– Vermelho é muito intenso, a cor da paixão.

– Por que gravou música com Ed Sheeran?
– Me tornei grande fã dele quando escutei a música dele na Austrália. A composição surgiu porque ele entrou em contato com a minha equipe. Ficou fantástica.

– Pretende cantar a música “Ronan” no show?
– É uma música muito triste pra eu cantar. Provavelmente não vou mais canta-lá ao vivo, só cantei no evento de câncer.

– Que cantor escolheria para cantar com você?
– Honestamente, o Ed Sheeran. Estou animada, vou cantar o dueto com ele no CD.

– Você escolhe suas roupas ou tem um personal stylist?
– Os dois. Tenho um stylist que traz um monte de roupas e escolho o que gosto. Ele me conhece muito bem.

– Que tipo de mudanças passou como artista desde o seu primeiro álbum?
– Fiz mais experiências com a minha música e espero ter crescido como artista.

– Você experimentou novas coisas no álbum Red? O que podemos esperar da sonoridade?
– A sonoridade é diferente do que fiz antes. Tive muitos colaboradores que influenciaram muito.

– Já conheceu Paula Fernandes?
– Vou conhecê-la hoje.

– Como foi trabalhar com outros compositores nesse álbum, ao contrário do anterior, feito só por você?
– É um processo diferente. Esse álbum é diferente de tudo que já fiz antes. Dessa vez eu trabalhei com colaboradores e realmente os deixei influenciarem a sonoridade do álbum. Quando se trabalha com pessoas diferentes se aprende sobre os estilos deles. Como artista, experimentei mais com o meu som, foquei mais nas letras e, com sorte, espero ter crescido e evoluído musicalmente.

– O que achou do Brasil?
– Estou surpresa com os fãs, são dedicados, ficam do lado de fora do hotel, gritando as músicas.

– O que achou de ser eleita a mulher do ano?
– Maravilhoso, fantástico, uma honra, algo de que me orgulho.

– O que achou de “Long Live” cantada em português?
– É um som muito bonito pra mim e os fãs cantam em português. Estou animada pra cantar com a Paula.

– O que achou do Rio de Janeiro?
– A cidade é linda. Eu amo as montanhas e tenho uma vista linda do mar do meu quarto, mas até agora só tive tempo para dormir. Eu adoraria voltar aqui para uma turnê, porque os fãs são bem apaixonados e escandalosos, posso ver como eles se comportam do lado de fora do meu hotel. Acho que eles iriam adorar. Eles são fantástico, loucos e maravilhosos! O que mais me surpreendeu é como eles são dedicados. Estão acampados na porta do hotel desde que cheguei gritando as letras das minhas músicas. Ser recebida dessa forma é muito bom.

– O que achou dos fãs brasileiros?
– Fantásticos, loucos e maravilhosos.

– O que quis dizer com a música “We are never ever getting back together”?
– É quando você esta numa relação ruim e põe as mãos pro alto e não se importa mais.

 

Fonte


Tags

Comentários