Taylor Swift revela seu fascínio pelo amor no especial ‘City of Lover Concert’
18/05/2020
Taylor Swift revela seu fascínio pelo amor no especial ‘City of Lover Concert’

A filmagem nunca vista do muito íntimo ‘City of Lover Concert’, de Taylor Swift, estreou na ABC no domingo. Os fãs finalmente puderam aprender sobre o processo de criação do último álbum de estúdio de Taylor, Lover.

As performances simples não tiveram mudanças de figurino e, para efeitos visuais, contaram apenas com uma tela.

Fãs de 37 países se reuniram em Paris para o “evento de uma vez na vida”, que Taylor comparou a uma festa de lançamento. “Eu acho que vamos nos divertir hoje à noite”, ela refletiu para a plateia que aplaudia. “Como eu disse antes, eu tinha um álbum chamado ‘Lover’ que acabou de ser lançado e, honestamente, foi uma das experiências mais maravilhosas da minha vida inteira”.

O City of Lover, realizado em setembro de 2019 no L´Olympia Theatre em Paris, na França, não só permitiu que Swift cantasse suas novas músicas ao vivo pela primeira vez, como também que falasse sobre os pequenos detalhes necessários para criar seu novo disco.

Por exemplo, ela revelou que estava na banheira quando a ideia de “Cornelia Street” surgiu, então ela escreveu a música naquele momento.

Outra música que Swift detalhou para o público foi “The Archer”, que ela escreveu para “tirar um momento, como um instantâneo de um sentimento e explorar esse sentimento”. Naquele momento, para ela, havia o medo de encontrar algo “realmente bom” em sua vida, mas ela lutava para permanecer otimista, mesmo que tenha sido queimada no passado.

“Eu sempre achei fascinante escrever sobre amor”, ela explicou depois quando contava como constrói sua música. Ela revelou à audiência que ela escreveu todas as músicas usando só um instrumento-o piano ou o violão- e disse que cada música do Lover foi feita para ser tocada acusticamente.

Antes de entrar na animada performance de “You Need to Calm Down”, Taylor contou que para ela o amor é fascinante porque significa muitas coisas.

“Amor é caos, Amor é loucura, Amor é felicidade”, ela contou.

Ela terminou seu show íntimo tirando um violão e uma guitarra rosa pastel insipirados em Lover, para cantar a música, que ela admitiu ser sua favorita no momento. Ela também contou sobre a inspiração da música-a ideia veio no meio da noite e ela foi cambaleando ao piano- e a sua composição foi feita de uma vez.

Ela adicionou que esses momentos “mágicos” e “misteriosos” são o que ela mais gosta em compor músicas.

O super íntimo foi o primeiro e último show de Lover para Swift, já que depois ela foi obrigada a cancelar todas as suas aparições e performances em 2020, incluindo seus shows nos Estados Unidos Lover Fest East e West, devido à pandemia da COVID-19

Matéria publicada pela Radio.com e traduzida e adaptada pela Equipe TSBR.

2009 - 2020 Taylor Swift Brasil - todos os direitos reservados. Desenvolvido por Marcelo Monteiro | Erika Barros online
Scroll Up
error: Content is protected !!