14 de janeiro de 11 Autor: Taylor Swift Brasil
Taylor Swift: Recordista do ano

Em plena crise da indústria de CDs, uma loira linda de 21 anos, que canta as próprias experiências amorosas em letras de música country vendeu exatamente 1.047.000 cópias em uma semana, ou melhor, na primeira semana em que começaram a ser vendidas! Estamos falando de Taylor Swift. Desde 1991, apenas 16 álbuns conseguiram esse feito, de acordo com a Billboard. A última cantora a vender tanto nos primeiros sete dias foi Britney Spears, em 2000, quando lançou Oops! I Did It Again. Recentemente, Tay também se tornou a primeira artista feminina a conseguir emplacar 11 músicas de um mesmo álbum na parada musical da Billboard. No ano passado, ela se tornou a primeira artista country a ganhar o prêmio de melhor clipe no VMA e, este ano, levou para casa quatro Grammys (incluindo ”álbum do ano”) pelo CD Fearless, o mais vendido de 2009! Poderosa ou não? Speak Now, seu novo disco, é quase um diário dos seus dois últimos anos. ”No meu primeiro álbum eu escrevi sobre a minha vida dos 12 aos 16 anos. Fearless, o segundo álbum, foi sobre a fase dos 16 aos 18 anos e Speak Now é minha vida aos 18, 19 até os 20 anos. E nesses últimos dois anos eu tive muito assunto para escrever!”, conta a estrela.

Por assuntos, entendam-se romances! Como nos álbuns anteriores, Taylor dedica algumas faixas do Speak Now para ex namorados/peguetes. Back To December, por exemplo, é um pedido de desculpas a Taylor Lautner, com quem Swift terminou em dezembro de 2009. Na letra, ela diz que ”sente falta da pele bronzeada e do sorriso doce” dele e não esconde que se arrepende de ter deixado o gato escapar. Até o Joe Jonas, que foi sacana o suficiente para terminar com a diva por telefone, ganhou mais uma música neste álbum (Forever & Always já tinha sido escrita para ele). Taylor escreveu The Story of Us após encontrá-lo em um evento. Nos versos, ela manda: ”Agora estou sozinha em uma sala lotada. E não estamos nos falando. E eu estou morrendo de vontade de saber. Isto está matando você assim como está me matando?”. E pra quem se pergunta como a cantora tem coragem de expor o que sente (incluindo para os ex), ela dá o recado: ”Eu acho que você tem de dizer o que sente, quando sabe exatamente o que está sentindo. Sei que, as vezes, é bem confuso saber o que está sentindo e como dizer. E se, naquele momento você não consegue pensar, então escreva, faça um diário. Eu acho que manter as emoções trancadas dentro de si é injusto consigo mesmo. Se você sabe claramente o que está sentindo, então, deve dizer.”

Fonte: Revista Atrevida

Próxima notícia >

»




Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up