Taylor Swift foi a artista que mais vendeu na década passada


No início da década passada, terminada recentemente, milhões de pessoas ainda correram para o iTunes e lojas on-line similares para comprar os novos singles de grandes artistas. Embora não estivessem tendo o mesmo lucro que costumavam ter antes, os maiores nomes da música ainda estavam quebrando recordes e alcançando o primeiro lugar no Hot 100 com grandes vendas.

Mesmo que os downloads digitais não estejam mais na moda, existem algumas figuras populares do início de 2010 que ainda conseguiram um lugar na lista da Nielsen de artistas que mais venderam nos últimos 10 anos. Aqueles no topo tiveram resultados de vendas que são verdadeiramente incríveis.

Taylor Swift está disparada em primeiro lugar, pois ela conseguiu vender mais singles do que qualquer outro artista nos EUA na última década. Primeiro na música country e depois no pop. A estrela vendeu 75.893.000 faixas individuais em apenas 10 anos. Esse é um resultado impressionante e que ninguém está nem perto de igualar.

Atrás de Swift, em segundo lugar, está Eminem, que conseguiu vender 63.501.000 singles ao longo da década. Isso é impressionante, mas ele está mais de 12 milhões de vendas atrás da antiga cantora country.

Swift se estabeleceu como uma das artistas que mais lucraram em todos os tempos ao longo da década passada, o momento em que ela se tornou uma figura importante na indústria apenas trouxe proveito para ela. A cantora e compositora conquistou seu primeiro álbum número 1 em 2008 e colocou outros cinco no topo dessa lista entre 2010 e o final de 2019, e todos eles produziram hits que as pessoas não podiam deixar de comprar.

Quando 2010 chegou, Swift era um talento inegável e, sob muitos aspectos, a queridinha da América… pelo menos por um tempo. Ela era imparável e alcançou hits número um no ranking de vendas de músicas digitais da Billboard e ultrapassou todos os outros artistas da época.

A medida em que o público que utiliza plataformas de streaming vem crescendo, os artistas mais populares no final dessa nova década provavelmente terão números muito maiores do que os divulgados pela Nielsen, e será interessante ver se o público de Swift se adaptará e continuará dando streaming para ela em plataformas como Spotify e Apple Music.

Matéria publicada pela Forbes e traduzida pela Equipe TSBR.


Tags

Comentários