24 de outubro de 12 Autor: Erika Barros
Taylor Swift fala sobre separações, fãs homens e sua gata

Taylor concedeu uma entrevista ao TheDailyBeast.com, na qual falou sobre amor e feminismo. A reportagem está bem interessante, confira abaixo, traduzida por nossa equipe:

Te estanha eu ser um cara de 30 anos que gosta da sua música?
Não, isso me deixa incrivelmente feliz!

Os seus fãs não são na maioria mulheres?
Tem sido bem uniforme, na verdade, no ano passado ou por aí. Muitos rapazes na audiência, o que é bom de ver.

Você começou como uma estrela country, mas agora você soa mais pop.
Quando fui gravar este disco, eu gravei as canções num período de dois anos. Toda vez que eu tinha a ideia de de uma nova música que soava diferente ou única ou nova, eu sabia que estávamos chegando perto. O que eu queria era um álbum que explorasse os limites e quebrasse um novo solo. Um dos meus maiores medos é que as pessoas digam que minhas músicas estão começando a soar todas iguais.

Você acha que sua música dá poder às mulheres?
Eu escrevi uma canção chamada “Mean” sobre um crítico que me odiava. Eu a gravei e, de repente, ela se tornou um hino contra os bullies na escola. Quando as pessoas dizem coisas sobre eu ter dado poderes às mulheres, é um elogio incrível. Não é necessariamente o que eu achei que eu estava fazendo, porque eu escrevo músicas sobre o que eu sinto. Eu acho que há força quando você está expondo suas emoções.

Por que você acha que as garotas se identificam com você?
Eu tento ter uma vida normal e olhar pras coisas de um jeito normal, sob circustâncias muito anormais. Você olha para a ideia de ter 22 anos, é quando você deveria estar por aí sendo egoísta e cometendo erros e fazendo estragos. Se eu erro uma vez, é um manchete em todo lugar.

Você lê sobre si mesma?
Não, de verdade. Se eu me focar muito no que as pessoas pensam sobre mim – a cada cinco minutos há um novo blog, convenhamos – parece auto-obsessivo e iria trazer todas aquelas inseguranças que fariam de mim uma pessoa horrível de se estar perto.

Alguma vez você se sente culpada de escrever uma música sobre um ex?
Se foi alguém que foi uma boa pessoa, eu não escreverei algo ruim sobre ele. Mas se eles lidaram com a situação de uma maneira que realmente bagunçou minha vida por um período, é sobre isso que irei escrever.

Você não se preocupa que isso pode amedrontar caras que você queira namorar?
Não sei. Um cara já disse pra mim, “Eu ia te convidar pra sair, mas tive medo de acabar naquela música.” Já tive um cara que disse, enquanto terminávamos, “É melhor você não escrever sobre isso!” Nesse ponto, eu procedi para escrever um álbum inteiro sobre isso.

Sua gata se chama Meredith, graças à heroína de Grey’s Anatomy.
Ela é uma gata muito boa. Eu assisto essa série desde que estreou. Foi o único relacionamento duradouro que eu tive.

Você tem seu coração partido muitas vezes?
Eu tenho meu coração partido mais do que parto corações.

Você está num relacionamento no momento?
Não entre nesse assunto. Por favor!

 

Taylor em números
O quão popular ela é? A prova está nas estatísticas.

16
Idade na qual ela lançou seu primeiro disco.

18.4M
Número de álbuns Taylor Swift já vendeu nos EUA.

1
Estrela da música descontente que invadiu o palco durante seu discurso VMA em 2009.

6
Número de Grammys obtidos.

1.6 milhão
Fãs gritantes que a viram sua recente turnê “Speak Now.”

19.7 milhões
Seguidores no Twitter.

13
Número da sorte que ela pinta na mão com lápis de olho durante os shows.

4.5
Diferença de idade entre ela e seu namorado de verão Conor Kennedy, de 18 anos.

Fonte: Thedailybeast.com
Tradução e Adaptação: Ana Luiza – Equipe TSBR





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up