Emerson é uma garota de 11 anos de idade, que está de quarentena em Idaho (EUA), e é fã de Taylor Swift.

A garotinha utilizou este tempo de quarentena para se dedicar a escrever cartas à moda antiga.

No início do mês de abril, ela começou a enviar cartas de agradecimento a ninguém menos que seu próprio carteiro, Doug, um senhor idoso.

Ao perceber que uma das cartas era pra ele, o carteiro compartilhou o acontecimento com toda sua equipe de trabalho. A partir daí, o caso viralizou no servidor interno dos correios americano.

Na semana seguinte, Emerson viu o carteiro chegar em sua casa com duas caixas cheias de cartas escritas por carteiros e servidores de todo o país para ela.

Depois do número de cartas só aumentar a cada semana, o pai da garota resolveu contar tudo que estava acontecendo no Twitter.

Então, a história viralizou e pessoas do país inteiro começaram a enviar cartas para a garotinha com mensagens positivas e de agradecimento pelo gesto tão belo.

Até que nesta semana, a garotinha recebeu uma carta mais que especial.

Uma carta feita a mão, com desenhos pintados e com o selo personalizado de Taylor Swift!

Na carta, Taylor agradeceu a Emerson por seu “sentimento inato de empatia, uma curiosidade sobre os sentimentos de estranhos e o desejo de tentar alegrar o dia de alguém”.

Além disso, junto à carta ela enviou uma bolsa com presentes e suas principais ferramentas de escrita, como o carimbo de selo personalizado com o “13”, cera que ela recomendou a garota pedir ajuda dos pais para utilizar, canetas e papel de carta.

Sobre o carimbo, Taylor explicou na carta que como não tinha dado tempo pedir novos, enviou o seu carimbo pessoal.

Além de uma caixa de camisetas em tamanhos diferentes para garantir que alguma iria servir em Emerson.

Após receber a carta e os presentes de Taylor, a primeira atitude da pequena Emerson foi ligar para suas melhores amigas e preparar uma caixa de presentes com algumas das camisetas pra elas.

“Eu amo a Taylor, mas amo vocês mais ainda”, escreveu a garotinha no pacote que enviou para suas amigas.

Hugh Webber, o pai de Emerson, compartilhou toda a história e sua gratidão em seu perfil no Twitter.

Para ler mais detalhes, siga @hughweber





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up