A conceituada revista de música Rolling Stone montou um ranking com os 100 maiores compositores de todos os tempos. Vários nomes importantes pra história da música figuram na lista, de John Lennon a passar por Bob Marley e Dolly Parton.

Taylor Swift entrou para a lista na 97ª posição sendo a única cantora pop ao lado de Madonna (que aparece na 56ª posição) e também a artista mais jovem de todo o ranking.

Confira o comentário:

Muitos cantores-compositores chegam a um ponto em que tem muitas músicas boas pra encaixar em um show ao vivo. Taylor Swift alcançou isso antes de completar 21 anos. E continuou indo. Ela pode ser a artista mais jovem dessa lista – como você deve ter ouvido, ela nasceu em 1989, o ano em que Green Day lançou seu primeiro disco. Mas ela já escreveu duas ou três carreiras que valeriam a pena. “Oi, eu sou Taylor”, ela dizia ao público em sua Red Tour. “Eu escrevo músicas sobre meus sentimentos. Já me disseram que eu tenho muitos sentimentos.” Os primeiros três álbuns de Swift mostram seu lado emocional ainda que de uma forma incomum no estilo country – até seus primeiros hits “Our Song” e “Tim McGraw” não soam como qualquer outra pessoa. (Apenas ela poderia cantar “Quaisquer comentários sarcásticos do meu pai sobre suas tatuagens serão ignorados” sobre um romance adolescente como em “Ours”.) Mas ela realmente conquistou seu espaço com a maestria pop do “Red” e do “1989”, especialmente nas baladas confessionais como “Clean” e “All Too Well”. Não existem limites pra onde ela pode ir a partir de agora.

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up