live7

Taylor Swift passa noites em frente a milhares de fãs gritando. É um grande surto de adrenalina que requere tempo para ir embora após o show e voltar à realidade. Mas, para Taylor, a definição de “realidade” é relativa.

É um conceito interessante porque meu mundo real envolve subir em um palco e há milhares de pessoas lá, depois sair do palco, e há a minha gata,” ela disse. “Você só meio que acostuma sua mente a experienciar aquele nível de som, o nível de luzes e de empolgação, e seu coração acelerando. E depois, é, leva algumas horas para dormir naquela noite porque a adrenalina ainda está correndo.

Taylor revela que gosta de escapar da realidade por algumas horas durante sua performance toda noite. 

Eu amo uma produção teatral,” ela conta ao The Boot. “Eu amo que você possa ver uma coisa diferente a cada canção. Amo que haja surpresas –fazer a audiência pensar que vão ver uma coisa e aí é uma coisa completamente diferente do que você pensou. É uma parte realmente gratificante de fazer um show, saber que o público fez valer o dinheiro deles. O esforço de ir até a arena e achar um estacionamento para seu carro e tudo isso, eu quero que eles completamente, sem dúvida, sintam que valeu a pena vir me ver tocar.”

Com apenas 23 anos de idade, Taylor Swift já é uma das artistas mais bem-sucedidas de todos os tempos. Mas a superestrela country-pop revela que, apesar de seus álbuns multi-platinados e do apelo internacional, ela ainda sente algumas das mesmas inseguranças de quando era adolescente.

Eu ainda sou a mesma pessoa que era na escola secundária quando não era chamada para as coisas,” disse. “Você simplesmente não quer ir muito à frente de si mesma e pensar, ‘Hã. Eu realmente arrasei. Cara, aquelas pessoas – elas são tão sortudas de estarem aqui para me ver.’ Eu era a sortuda de estar no palco na frente de todas aquelas pessoas. Essa é a verdade.

 

Fontes: GacTV e TheBoot





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up