Escrito por Aline em 29 de maio de 2018

Taylor planeja mega remodelamento em suas propriedades em NY

Enquanto Taylor Swift dava início à reputation Stadium Tour no começo deste mês, as máquinas começavam a trabalhar no sobrado que ela acabou de comprar em Manhattan.
A cantora quer combinar todas as propriedades que possui na mesma quadra no Tribeca — que combinadas, valem $50 milhões de dólares — as transformando em um enorme complexo.
É um projeto que ela começou em janeiro passado quando passou a investigar a possibilidade de adquirir o sobrado vizinho ao prédio que abriga as coberturas que ela comprou em 2014.
O tamanho combinado das quatro propriedades é de impressivos 1733m², o que é aproximadamente 1672,25m² maior que os apartamentos que a maior parte das pessoas da mesma idade que ela conseguem alugar em Manhattan.
O complexo de Swift também será uma das dez maiores propriedades de uma única família em Manhattan assim que os trabalhos forem finalizados. É um feito notável para a popstar independente, que aos 28 anos tem sua fortuna avaliada em $280 milhões de dólares. Não é uma surpresa, no entanto, uma vez que Swift tem investido no mercado imobiliário há quase 10 anos.
Em documentos obtidos pelo Daily Mail é revelado que no dia 12 de abril um representante de uma empresa de engenharia contratada pela equipe de Taylor preencheram um requisito de obras com o Departamento de Construções da cidade de New York na esperança de conseguir aprovação para um projeto avaliado em $1000. O projeto é uma alteração na calçada, de acordo com os documentos, que vai permitir que Swift construa uma guia rebaixada para entrada de veículos na garagem interna de seu sobrado. A garagem, por sua vez, terá que ser reconstruída porque os antigos proprietários transformaram o espaço, optando por mais áreas de convivência do que de estacionamento.
A garagem é, ainda, um dos principais motivos que levaram Swift a comprar a propriedade, segundo o corretor que mostrou para ela pela primeira vez.
No entanto, existe um pequeno problema com a prefeitura que ainda não concedeu o alvará para a obra devido a uma divergência com o preenchimento do pedido. Isso, provavelmente, está ligado com a largura e localização do corte. A equipe de Swift pede por um corte de 3,65m que termina a menos de 1m do limite da propriedade mais próxima. Fotos do exterior da propriedade mostram que o espaço da guia rebaixada está delimitado com tinta amarela marcando os mais de 3m, mas o trabalho ainda não começou.
A garagem permitirá que Swift tenha acesso ao seu apartamento no prédio vizinho sem ter que passar pela calçada assim que ela abrir um buraco na parede que divide as duas construções. Isso graças ao fato de que ela é dona do apartamento no segundo andar que compartilha a parede com o sobrado de três andares. Ela comprou ambos em agosto do ano passado.
É uma tomada ousada e um grande golpe aos paparazzi que conseguem fotografar Swift sempre que ela entra e saí do prédio durante o trajeto da porta até o carro que a espera na estreita rua.
Este é apenas o mais recente dos projetos que a equipe de empreiteiros, encanadores, eletricistas, arquitetos e engenheiros fazem em suas propriedades no Tribeca. Ela começou a desenvolver seu portfólio de propriedades em 2014 quando comprou as duas unidades da cobertura de um prédio de luxo de seis andares que antes pertenciam ao diretor de O Senhor dos Anéis, Peter Jackson. Ela comprou os dois apartamentos por $19,95 milhões de dólares. Os documentos públicos mostram que ela utilizou uma empresa para a compra, que ela curiosamente chamou de NYC Strategic Realty (“Empreendimento Estratégico na Cidade de New York”). Ela mudou para o novo cafofo enquanto trabalhava no 1989 e, quase dois anos depois, enquanto ela estava na 1989 World Tour uma montanha de pedidos de alvarás de serviços foram solicitados ao Departamento de Construções da Cidade de New York para reformas que somavam em mais de $1 milhão. Os toques finais já foram dados, uma vez que a carta de finalização do serviço foi enviada em Dezembro. Aparentemente, os dois apartamentos foram combinados já que os formulários não especificam um único apartamento, mas todo o andar. Fazendo isso, é provável que a sua equipe de segurança agora ocupe o segundo andar (antes, ficavam no apartamento menor).
Em agosto do ano passado, Swift gastou $18 milhões em sua segunda compra no mesmo quarteirão quando comprou o sobrado de três andares vizinho ao seu prédio. A surpresa se deu conta pelo fato de que o valor de mercado do imóvel era de $9,25 milhões de acordo com os registros.
A ideia de usar a garagem do sobrado e ainda ter acesso ao prédio se tornou realidade em janeiro, quando Swift adquiriu seu terceiro apartamento no prédio.
A venda aconteceu por fora do mercado e custou mais $9,25 milhões para os bolsos de Swift. O que fechou o negócio foi a parede que o apartamento compartilha com o sobrado, o que possibilita a conexão entre as duas propriedades. O apartamento, inclusive fica na altura do terraço do sobrado, facilitando ainda mais a conexão entre eles.
Tudo será em vão se ela não conseguir a permissão para fazer a guia rebaixada. E nada disso fará com que ela evite ter que pegar o elevador para subir os três andares que dividem a entrada no segundo andar da cobertura.
O complexo inteiro finalizado terá 16 quartos e 16,5 banheiros e será um investimento de $47.7 milhões de dólares.