Sem título

Durante a passagem de Taylor pela Inglaterra, ela gravou uma entrevista para o “Chatty Man” do Alan Carr. No bate-papo, que vai ao ar nas telinhas inglesas nesta sexta-feira, Taylor contou ao apresentador uma história curiosa sobre a compra de sua cobertura em Nova York e sobre como funcionaram as Secret Sessions. Dá uma olhada:

Taylor Swift comprou “o apartamento do Gandalf”

Taylor Swift tem entregado o jogo sobre como ela teve uma boa surpresa enquanto procurava casas em Nova York, ao encontrar uma estrela de Hollywood em um dos apartamentos que ela estava visitando.

“Basicamente, eu encontrar esse apartamento online e eu estava procurando todos esses lugares diferentes em Nova York, e pedi que meu corretor ligasse para o corretor que estava anunciando esse apartamento, e ele tentava conseguir que eu visitasse, e eles ficavam desmarcando e não respondendo, e meio que virou um mistério: por que eu não posso entrar nesse apartamento? O que tem lá? Por que eles o colocaram no mercado mas claramente não querem vender ele?”

“Então eu comecei a ligar obsessivamente: “Posso vê-lo? Posso vê-lo? Por favor? Posso?”

“Eventualmente, isso funcionou e eu consegui uma visita. Enquanto eu estou entrando, pensando ‘O que está acontecendo?’. Eu me apaixonei pelo lugar imediatamente, e então eu entro na cozinha e o Gandalf está sentado no balcão da cozinha, de pijama”.

“Foi incrível. Eu fiquei tipo: ‘Eu vou comprar. Ele vem junto?'”

A cantora também explicou como ela “perseguiu” um número de seus fãs pela internet, antes de os convidar para a sua casa para que ouvissem o seu novo álbum com ela.

“Você meio que vai na internet e dá uma olhada nos Instagrams deles, talvez olhar como a vida deles é, tipo ‘gato fofinho, cachorro fofinho’, e então eu mandava a URL das páginas do Twitter, do Tumblr, para a minha equipe e eles faziam uma lista de pessoas que iriam entrar em contato quando chegasse a hora. Então, eles foram avisados, falaram ‘o ponto de encontro é o estacionamento desta igreja nesse horário, nós não podemos te dar mais informações além de que está relacionado a Taylor Swift.’ Então os seus celulares eram pegos, colocavam eles em ônibus e eles não sabiam onde eles estavam sendo levados.”

Nessa altura, Carr interrompeu: “Como se fosse uma situação de sequestro”.

E Swift continuou: “Eu sei, mas eles fizeram isso – assinaram contratos de confidencialidade e tudo mais, e então foram para a minha casa. O primeiro grupo não percebeu onde eles estavam até que eles meio que xeretaram e olharam para dentro das janelas da casa e viram um Grammy na pratelira, e fotos dos meus amigos e aí foi quando… Eu estava na janela do banheiro espiando eles.”

“Eu não estou me saindo bem! Estou parecendo uma maluca!”

Ela revelou que mesmo tendo 25 fãs visitando as casas, ela só ficou sabendo de um pequeno roubo.

Ela explica: “Eu acho que um dos sabonetes sumiu. Porque um deles falou ‘ela não tem sabonete no banheiro’, e eu respondi ‘bem, se não tem sabonete é porque alguém pegou o sabonete’. Então eu coloquei vários sabonetes pequenos no banheiro, e se eles quisessem levar com eles, eles poderiam. Se você quer pegar sabonetes, então eu vou os deixar prontos para que você os roube.”

“Ao menos ninguém vai ficar sem sabonete agora. Não queria parecer que sou suja.”

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up