30 de setembro de 13 Autor: Erika Barros
Scans traduzidos: Taylor na revista australiana “Girlfriend”

girlfriend2

Taylor Swift estampa a capa da revista teen australiana Girlfriend. A cantora concedeu à revista uma entrevista muito legal, confira abaixo traduzida:

Entrevistadora: Parabéns pela sua nova fragrância, Taylor! Você pode nos falar mais sobre isso?
Taylor: Com Taylor, eu pude escolher de acordo com quem eu sou no momento. É um pouco mais sofisticado, mas continua livre e divertido.

Entrevistadora: Estamos animados para ver você se apresentar. Como essa turnê será diferente?
Taylor: Os fãs podem esperar o inesperado. Eu queria que os shows da RED tour fossem completamente diferentes. Eu acho que os retratos visuais são mais avançados. Em minhas turnês anteriores, eu gostava de atuar em elementos fantasiosos, e eu acho que essa turnê incorpora um pouco mais de realidade.

Entrevistadora: Nós sabemos que é segredo, mas que surpresas você planejou para a etapa da turnê que será na Austrália?
Taylor: Eu tenho várias surpresas para os meus fãs, mas eu não posso dizer!

Entrevistadora: Você tem algum ritual pré-show?
Taylor: Eu tenho essa rotina com Caitlin, minha violinista. Nós sentamos na frente do espelho de maquiagem, no meu camarim e fazemos o cabelo e maquiagem juntas, enquanto nos divertimos com algumas músicas. De vez em quando, temos uma festa dançante improvisada, mas eu, realmente, amo passar esse tempo com ela. Então, nós subimos ao palco e nos apresentamos. É um sentimento muito bom.

Entrevistadora: Há alguma coisa que te deixa frustrada sobre ser famosa?
Taylor: Não. Eu ainda tenho esses momentos ‘Eu não acredito que essa é a minha vida’, diariamente. Um fã vai aparecer para mim em um supermercado ou em um show e dizer alguma coisa, contar alguma história sobre como a minha música afetou sua vida e eu paro e digo a mim mesma: “Eu não acredito que eu faço parte da vida dessa pessoa. Essa pessoa que eu nunca havia encontrado até hoje.” Eu me sinto muito sortuda ao saber que, pessoas que eu não necessariamente conheci compartilham meus pensamentos, minhas histórias e as minhas experiências.

Entrevistadora: Qual foi o melhor conselho que você já recebeu?
Taylor: Seguir meus instintos. Tenho muitas pessoas em quem confio ao meu redor. Sei que minha mãe e meu pai sempre irão me dizer suas opiniões sinceras quando eu não puder me decidir. Eu não sinto a necessidade de mudar quem sou, porque não acho que posso carregar esse tipo de fardo o tempo todo.

Entrevistadora: Qual é a coisa mais legal sobre seus fãs?
Taylor: Poder estar em um palco e cantar minhas próprias palavras e histórias para públicos gigantes é a melhor sensação. Então, a maioria dos fãs é como eu – fascinados, confusos e frustrados pelo amor, mas é tudo no que pensamos. Eles têm sido muito bons para mim, e mal posso esperar para vê-los na RED Tour. Amo ir para a Austrália! Há energia aconchegante lá, e fico muito feliz de poder visitar sempre. Quero que os fãs saibam que eu os amo e aprecio o amor que eles têm mostrado.

Entrevistadora: Qual a coisa mais legal de se ir a uma premiação?
Taylor: As lembranças. Acho que se você é sortudo o suficiente para ter lembranças que te façam sorrir toda vez que pensa nelas, você deveria pensar nelas com mais frequência. Eu me lembro de premiações quando estou tendo um dia difícil. Nunca esperei que tudo isso fosse acontecer. Nunca deixarei de apreciar esses momentos.

Entrevistadora: Qual foi seu look de tapete vermelho preferido?
Taylor: O Brit Awards 2013. Amei o vestido preto com cabelo liso.

Entrevistadora: Se você pudesse editar o passado, o que mudaria?
Taylor: Nada. Tive muitos obstáculos aparecendo em minha frente. Todos os dias algo surge e tenho que decidir como vou lidar com isso. A lição mais difícil que venho aprendendo é que mesmo quando você quer muito algo, pelas razões certas, mesmo que você trabalhe incrivelmente duro por alguma coisa, não há garantia de que as coisas acontecerão do seu jeito. Você tem que lidar com muita rejeição. Estou orgulhosa de nunca ter deixado a rejeição me impedir de fazer isso. Tenho arrependimentos, mas mesmo os meus erros tiveram um papel em me colocar onde estou agora, e agora eu estou muito feliz. 

Entrevistadora: O que te deixa acordada à noite?
Taylor: Uma ideia de canção que pode me ocorrer no meio na noite, e eu pego meu celular e gravo a ideia para poder voltar à ela no dia seguinte.

tumblr_mtxarh1Fam1s5g1cko1_400.jpg 002.png 003.png 006.png 007.png





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up