Como já havíamos publicado anteriormente, Taylor Swift está entre as 12 estrelas musicais que fazem parte do especial da revista ELLE, ‘Women In Music’, da edição de maio. Os scans da revista foram liberados e vocês podem conferir a tradução completa da matéria abaixo:

  

“Todas essas emoções, tudo que foi dito e tudo que você experienciou, é isso que inspira a primeira centelha de uma música. É difícil ser um ser humano.”

Com 23 anos, Taylor Swift já se estabeleceu como uma grandes estrelas restantes na indústria musical. Ela vendeu mais de 26 milhões de álbuns mundialmente; seu quarto e mais recente lançamento, Red, conseguiu o primeiro lugar no iTunes em 42 países. Pode-se dizer que Swift é uma superstar porque ela escreve sua própria música e letras. Ou porque essa música (um country firme e surpreendentemente sutil tingido de pop) se funde tão bem com aquelas letras (emocionalmente brutas, enganosamente espirituosas) no mundo de sonhos aconchegante de seus shows ao vivo. Ou porque ela é realmente alta e bonita. Mas o que realmente separa a garota nascida na Pensilvânia e criada em Nashville do resto é a filosofia de vida que ela defende: A maneira como você se sente é quem você é. Se ela está mostrando detalhes de seu último término num novo single ou declarando seu direito de ser jovem e confusa para sempre, sua mensagem principal é que o medo, dúvida e tristeza não são motivos de pena, mas sim de poder. “Toda vez que você passa por algo que deturpa seu coração,” diz Swift, “passando ou fracassando, você sabe que irá sobreviver. Por mais difícil que seja voltar a estaca zero, é isso que deixa sua vida interessante.

Existem fãs – e existem fãs da Taylor Swift. Quer ela esteja fazendo amizade com a realeza de Hollywood (Selena Gomez, Emma Stone e Gwyneth Paltrow estão entre os contatos da garota que foi nossa capa de Março), enleando e imortalizando bad boys em seu violão com lágrimas, ou parecendo como uma modelo em Burberry Prorsum, Céline, Proenza Schouler, e mais, em nossa seção do designer, ela nos faz amá-la de uma maneira, usando a palavra da pop star, “red”.

“Cara, se eu fosse Taylor Swift, eu iria comprar cada pedaço de roupa que Saint Laurent possui. Joe Zee também viveria na minha bolsa.” – Danielle Lisle, Tomandlorenzo.com

“A novidade é que: Taylor Swift está passando por uma fase clássica! Sempre elegante e apropriada, como Coco Chanel.” – @104GREYclothing, via Twitter.

“Eu nunca, nunca irei me cansar daquela capa perfeita. Taylor está fascinantemente radiante – como se ela fosse feita de luz das estrelas. E, como revelou naquela deliciosamente perspicaz entrevista, ela reluz como um ato de classe e brilha como uma estrela pé no chão. Eu sempre serei a primeira da fila a dar louvores a esta brilhante e atrativa artista. ” – Margarrita Unson, Murrieta, CA, via e-mail.

“Taylor Swift arrasa! E sua música é incrível! Pelo menos ela escreve suas próprias coisas!” – PSTEW96, Nydailynews.com

“Até onde esse fã sabe, eu não poderia ligar menos para sua vida pessoal e namorados. Eu amo sua música e sua habilidade de entreter. Taylor Swift não consegue errar.” – ed, Blog.music.aol.com

Tradução e Adaptação: Patrícia Palomares – Equipe TSBR





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up