31 de dezembro de 14 Autor: Airton
Retrospectiva 2014: O Ano de Taylor Swift

bill

2014 está próximo ao fim e não poderíamos deixar de fazer uma breve retrospectiva para lembrar tudo o que aconteceu na vida de nossa celebridade favorita durante este ano tão importante para sua carreira. Segundo o New York Times, a Vanity Fair, a Billboard e muitos outros nomes de extrema importância na mídia, Taylor Swift dominou 2014, e você entenderá muito bem por quê:

Taylor Swift's RED Tour - Singapore

  • 12.06.14 – Fim da The Red Tour:

Taylor Swift fechou a turnê de divulgação de seu quarto álbum de estúdio com chave de ouro em Cingapura. The Red Tour contou com 86 shows e foi assistida por mais de 1.7 milhão de pessoas, lucrando aproximadamente US$150 milhões.

Com participações de estrelas como Ed Sheeran, Hunter Hayes, Ellie Goulding, Sara Bareilles, Sam Smith e Jennifer Lopez, essa turnê, recheada de surpresas, concluiu a Era Red e deixou o mundo ansioso para ver o que Taylor Swift ainda era capaz de oferecer.

The Red Tour se tornou a maior turnê country de todos os tempos, ultrapassando a turnê conjunta de Tim McGraw e Faith Hill, Soul2Soul, em quase US$9 milhões.

Leia mais: Red se torna turnê country mais lucrativa de todos os tempos

 

  • 18.06.14 – A Família Swift fica ainda maior

Na tarde do dia 18 de junho, Taylor Swift postou uma foto em seu instagram dizendo que havia adotado uma nova gatinha chamada Olivia, nome de sua personagem favorita do seriado Law & Order: Special Victims Unit.

Desde então, Olivia conquistou o coração do fandom (e de grande parte da internet) ao ser simplesmente adorável. Ao lado de Meredith, as duas dominaram o Instagram da cantora que dominou o mundo.

Leia mais: Taylor Swift adota nova gata de estimação

 

002

  • 07.07.14 – Wall Street Journal:

Taylor Swift escreveu um artigo no jornal de investimentos Wall Street Journal, considerado um dos mais importantes do mundo em sua área, que recebeu enorme destaque e elogios. Taylor destacou acreditar no futuro da indústria da música e que, diferente dos pessimistas, acredita que o mercado musical focado no formato de álbum ainda vá se manter por muito tempo.

Música é arte, e a arte é importante e rara. Coisas que são importantes e raras, são valiosas. Coisas que são valiosas deveriam ser pagas. É a minha opinião de que a música não deve ser gratuita, e minha predição é de que artistas individuais e suas gravadoras algum dia irão decidir qual é o preço ideal de um álbum. Eu espero que eles não se subestimem ou menosprezem a sua arte.”

Taylor ainda falou sobre a distinção de gêneros musicais e como todas as músicas hoje em dia parecem não se encaixar perfeitamente em apenas um estilo, o que torna as coisas muito mais interessantes, dinâmicas e surpreendentes.

Leia mais: Taylor Swift escreve artigo no Wall Street Journal

 

003

  • 11.08.14 – Premiere de O Doador de Memórias

O Doador de Memórias (The Giver), filme que contou com o elenco de superestrelas formado por Jeff Bridges (Coração Louco, A Conspiração), Meryl Streep (A Dama de Ferro, Mamma Mia), Brenton Thwaites (Lagoa Azul: O Despertar, Malévola), Katie Holmes (Batman Begins, Tentação Fatal) e Alexander Skarsgård (Battleship, Disconnect), contou com participação de Taylor Swift como Rosemary, com direito a uma peruca castanha.

Depois de Idas e Vindas do Amor, Taylor se manteve longe da telona (com exceção de dublar a personagem Audrey em The Lorax) por mais de quatro anos.

Taylor foi elogiada pelos seus companheiros de elenco, com quem manteve um relacionamento de amizade e proximidade ao longo do período de gravação e divulgação do filme.

O filme foi baseado no romance homônimo de Lois Lowry.

Leia mais: Taylor fala sobre sua personagem em “The Giver”

 

004

  • 18.08.14 – Webchat do Yahoo: 1989 e Shake It Off

Foi no dia 18 de agosto de 2014 que Taylor Swift, oficialmente, se despediu da música country e se jogou de cabeça no pop. Através de um webchat em parceria com o Yahoo, Taylor anunciou que 1989 seria seu primeiro álbum completamente pop, sua capa oficial e liberou seu primeiro single, Shake It Off, para o mundo.

Os anúncios foram acompanhados do clipe de Shake It Off, que foi imediatamente liberado no VEVO.

A mudança de estilo de Taylor Swift causou grande rebuliço na indústria country, sendo amplamente comentada por fãs, pela mídia e por artistas de todos os gêneros, principalmente os seus antigos companheiros de estilo.

Leia mais: Assista o webchat do Yahoo com Taylor Swift na íntegra

 

2014 MTV Video Music Awards - Show

  • 24.08.14 – Video Music Awards 2014

Taylor fez uma performance incrivelmente elogiada de seu novo single, Shake It Off, no Video Music Awards 2014, fechando a semana de estreia da música e direcionando-a diretamente ao topo do Billboard Hot 100.

Esta foi a primeira performance televisionada do single que estreou com 544.000 unidades vendidas, o melhor resultado em 2014, a segunda maior estreia da carreira de Swift (We Are Never Ever Getting Back Together estreou com 623.000) e a quarta maior estreia da história (atrás apenas de Right Round de Flo Rida, We Are Never Ever Getting Back Together dela mesma e Roar de Katy Perry).

Até agora, Shake It Off já foi certificada platina quádrupla.

Leia mais: Taylor faz performance surpreendente no Video Music Awards 2014

 

006

  • 08.09.14 – Rolling Stone: A Reinvenção de Taylor Swift

Pela terceira vez em sua carreira, Taylor Swift emprestou sua imagem para a capa da revista Rolling Stone, a mais influente publicação musical do mundo, revelando pela primeira vez detalhes sobre seu novo trabalho de estúdio, 1989. É claro que as declarações feitas pela cantora sobre suas músicas geraram repercussão e polêmica, como de costume.

Quando perguntada qual seria a música mais raivosa de seu quinto álbum de estúdio, Swift mencionou Bad Blood, música sobre uma outra artista feminina que Taylor nunca conseguiu dizer se era sua amiga de verdade ou não. “Durante anos, eu nunca tive certeza se nós eramos amigas ou não”, disse Taylor. “Ela vinha falar comigo em premiações e dizia alguma coisa e saía, e eu pensava ‘Somos amigas, ou ela acabou de me fazer o insulto mais pesado da minha vida?’”. Especulações dizem que a música talvez seja sobre a cantora de sucesso Katy Perry.

Além disso, Taylor ainda falou sobre muitas outras faixas do projeto, falando sobre sua experiência com o pop e sua transição para este novo estilo.

Leia mais: Rolling Stone – A Reinvenção de Taylor Swift

 

007

  • 27.10.14 – Embaixadora do Turismo da Cidade de Nova York

Taylor Swift se tornou, oficialmente, embaixadora mundial das boas-vindas para o turismo da Cidade de Nova York. Apaixonada pela cidade, Taylor escreveu a faixa Welcome to New York, que abre o 1989 e dá ao álbum seu espaço no mundo. “Nova York teve uma grande participação no que se tornou o álbum. Ela fez uma diferença na minha vida de maneiras que eu mesma não estou totalmente ciente”, disse Swift.

É claro que a escolha de uma pessoa que não nasceu sequer no Estado de Nova York gerou polêmica, apesar de também ter sido celebrada por um grande número de pessoas. A grande dúvida era se Taylor realmente estava apta a falar de uma cidade que não conhecia tão bem, mas como o multipremiado cantor Billy Joel disse para o USA Today. “Esse é o propósito de Nova York. Eu digo: ‘bem-vinda!”.

Leia mais: Taylor Swift é nomeada embaixadora do turismo de NYC

 

008

  • 27.10.14 – Lançamento de 1989

Ainda no dia 27 de outubro, Taylor lançou seu quinto álbum de estúdio, 1989. Não demorou para que a indústria musical começasse a reajustas suas previsões de vendas para a semana de estreia do álbum, até que não restaram dúvidas: 1989 seria um fenômeno. Com 1.287.000 cópias vendidas nos Estados Unidos em apenas uma semana, Taylor Swift tornou-se a única artista a conseguir platinar um álbum lançado em 2014 sem contar com a ajuda dos charts atualizados para somar streaming às unidades movimentadas.

A semana de estreia do álbum foi a melhor semana de vendas de 2014, mostrando o poder e a influência de Taylor Swift no mercado musical. Além disso, 1989 garantiu a Taylor o recorde de artista com mais álbuns seguidos a ultrapassar um milhão de cópias vendidas em uma semana, já que Speak Now e Red também estrearam acima da marca.

1989 se mantém com força nas vendas, já ultrapassando a marca das 3 milhões de unidades em menos de dois meses.

Recentemente, 1989 ultrapassou a sua sexta semana no topo da Billboard 200, principal parada de álbuns americana, tornando Taylor Swift a única artista feminina a conseguir fazer quatro álbuns consecutivos ultrapassarem a marca. Considerando todos os artistas, apenas os Beatles e o Kingston Trio dividem esse recorde com a cantora.

Na última semana de vendas do ano, foi anunciado que 1989 havia ultrapassado as vendas da trilha sonora de Frozen, tornando-se o álbum mais vendido de 2014 em pouco mais de dois meses.

Leia mais: 1989 se torna álbum mais vendido de 2014

 

009

  • 03.11.14 – A briga com o Spotify

Taylor Swift e a Big Machine Records nunca foram grandes fãs do Spotify por acreditar que o serviço de streaming causa mais mal a indústria musical do que a beneficia e, por isso, na manhã daquele dia, a discografia completa de Taylor foi retirada do catálogo do Spotify e de outros serviços que ofereciam acesso gratuito. Anteriormente, inclusive em seu artigo para o Wall Street Journal, Swift já havia mencionado sua fé no consumo da música no formato de álbuns. O consumo da música através de serviços de streaming significa, talvez, uma afronta contra o modelo clássico, com obras completas e consistentes. Pelo sucesso de vendas de 1989, Taylor diz acreditar que seus fãs também acreditam nesse modelo e que, assim como ela, continuarão a consumir músicas nesse formato.

Desde o fim da parceria entre a cantora e o serviço, diversos dados já foram revelados sobre as negociações e sobre os valores pagos pela discografia da artista, valor que pode ser considerado baixo em comparação à média de venda do material.

A partir disso, alguns outros artistas, como o cantor country Jason Aldean, também retiraram suas músicas dos serviços de streaming, algumas gravadoras começaram a estudar a relação do streaming com o mercado e começou a se falar no meio empresarial sobre a necessidade de regular o funcionamento e as relações serviço-gravadora-artista.

Leia mais: Taylor retira toda sua discografia do Spotify

 

012

  • 13.11.14 – TIME Magazine

A revista TIME, que tradicionalmente elege as personalidades mais influentes do mundo a cada ano, escolheu Taylor Swift para o artigo que gerou uma capa icônica: “O Poder de Taylor Swift”.

Por que a capa seria icônica? Pense em capas de revista com personalidades femininas. Normalmente, mulheres são retradas mostrando todo o seu corpo, as expondo como um fetiche a ser comercializado. Ou até mesmo homens considerados atraentes. Mas a revista TIME escolheu mostrar Swift com uma foto de rosto, assim como são retratados os homens de poder sempre que são retratados em capa. Taylor estava na capa pela sua influência e não pela sua aparência. O sucesso de Taylor Swift se tornou visível e incontestável.

Leia mais: TIME fala sobre o poder de Taylor Swift

 

010

  • 19.11.14 – Blank Space substitui Shake It Off e quebra recorde

Com Blank Space, Taylor Swift mostrou que Shake It Off era apenas o começo de uma era de incontestável sucesso. Ao alcançar o topo da Billboard Hot 100, principal lista de singles dos Estados Unidos, substituindo Shake It Off, que ocupava a primeira posição no momento, Taylor Swift se tornou a única artista feminina a se substituir no topo da parada.

Além disso, Taylor se tornou a única artista a ter dois singles do mesmo álbum no topo da parada em 2014, e a única desde Macklemore & Ryan Lewis no ano passado.

Blank Space já movimentou mais de 2 milhões de unidades, se mantendo no topo da Billboard Hot 100, até o momento, por seis semanas consecutivas.

Leia mais: Com “Blank Space”, Taylor Swift estabelece novo recorde na Billboard

 

011

  • 23.11.14 – American Music Awards 2014

Não poderia faltar uma homenagem especial na cerimônia da premiação que já havia dado 15 troféus diferentes para Taylor Swift ao longo desses anos. Com uma média de vitórias/nomeações de mais de 83% no American Music Awards, Taylor recebeu seu 16° AMA em uma homenagem especial e inédita: O Dick Clark Award for Excellence, considerado o maior prestígio oferecido pela entidade.

Recebendo o prêmio das mãos da artista icônica Diana Ross, Taylor não pôde deixar de falar sobre sua crença na importância do álbum para a indústria musical e de como é difícil para uma mulher se destacar em qualquer meio por causa do machismo de nossa sociedade.

Mais cedo, naquela noite, Swift já havia feito uma apresentação amplamente elogiada de seu novo hit, Blank Space.

Leia mais: Taylor Swift faz performance dramática de “Blank Space” no American Music Awards

 

013

  • 02.12.14 – Victoria’s Secrets Fashion Show

Pelo segundo ano consecutivo, Taylor Swift se apresentou no desfile da Victoria’s Secrets ao lado das famosas e belíssimas angels. A cantora, que fez performances de Blank Space e Style, fez sucesso ao lado das modelos com uma postura mais sensual em relação à sua apresentação do ano passado.

As angels também gravaram um vídeo para a música Shake It Offdublando a música.

O evento contou com outros nomes importantes no mundo da música em 2014: Hozier, Ariana Grande e Ed Sheeran. Apesar de ter acontecido no dia 2, o desfile foi transmitido na televisão americana apenas no dia 9, pela CBS, com a diferença de tempo comum para edições do conteúdo, e no dia 19 no Brasil, pela TNT.

Leia mais: Taylor Swift se apresenta no Victoria’s Secret Fashion Show

 

014

  • 13.12.14 – The Taylor Swift Experience

O Grammy Museum, localizado na cidade de Los Angeles, inaugurou, no dia do aniversário de 25 anos de Taylor Swift, uma exposição sobre a vida de Taylor, com artigos e raridades de toda a vida da cantora. Um ótimo presente de aniversário, não? A vencedora de sete Grammy’s foi escolhida por ter a história mais relevante sobre a criação de uma estrela pop, possuindo uma das histórias mais interessantes do mundo da música atual.

Contando com fotos, instrumentos, prêmios, roupas e muito mais, a exibição ficará aberta até maio, podendo ser estendida dependendo do interesse da entidade.

A equipe do Taylor Swift Brasil teve a oportunidade de visitar o museu e recomenda que todo fã que tenha a oportunidade faça o mesmo por ser uma experiência extremamente interessante e íntima com a vida de uma das personalidade mais relevantes da atualidade.

Leia mais: The Taylor Swift Experience – Exposição estreia em Los Angeles

 

015

  • BÔNUS: Billboard’s Woman of the Year e Grammy 2015

Como se não bastasse roubar a cena do mundo pop (e da música, em geral), Taylor Swift ainda foi escolhida como Mulher do Ano pela Billboard, uma das entidades mais influentes no mundo da música. A honra foi recebida em um evento na cidade de Nova York no dia de seu aniversário, 13 de dezembro, no mesmo dia da inauguração da exposição The Taylor Swift Experience.

Como negar que 2014 foi o ano de Taylor Swift? A cantora dominou as paradas de músicas, quebrou inúmeros recordes, foi capa de diversas revistas aclamadas e roubou os holofotes da mídia mais uma vez, sendo um tópico indispensável, desde sua mudança completa para o pop até seus discursos feministas.

Ainda, Swift começará o próximo ano estando indicada a três categorias da 57ª edição do Grammy Awards, que acontecerá no dia 8 de fevereiro de 2015, pela música Shake It Off: Música do Ano, Gravação do Ano e Melhor Performance Pop Solo.

Que o ano novo traga ainda mais sucesso, treze vezes mais recordes e muitas indicações ao Grammy 2016!





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up