Representante de Taylor Swift responde a Kim Kardashian depois da mesma citá-la de forma errada: “A propósito, isso é editar”


A Estrela se defendeu em uma série de tweets na noite de segunda-feira após encarar a repercussão que isso teve com os fãs.

Na noite de segunda-feira, a estrela de “Keeping Up with the Kardashians” se defendeu em uma série de 9 tweets, dizendo que se sentiu obrigada a se manifestar somente depois que a publicitária de Taylor abordou publicamente a situação no início daquele dia.

“Para ser clara, o único problema que tive em relação a essa situação é que Taylor mentiu para sua publicitária, que afirmou que ‘Kanye nunca ligou para pedir permissão…’ Eles claramente conversaram e eu deixei vocês todos verem isso. Ninguém nunca negou que a palavra “bitch” foi usada sem sua permissão”, escreveu Kardashian West em um de seus vários tweets acusando Taylor de mentir.

A publicitária de Taylor, Tree Paine, que trabalha com a ganhadora de Grammys desde 2014, rebateu em sua conta no Twitter.

“Eu sou a publicitária de Taylor e essa foi minha declaração original SEM SER EDITADA. A propósito, quando você tira partes de um vídeo, isso é editar. PS: quem vocês irritaram para vazarem esse vídeo?” Paine – que postou um print da sua declaração de 2016 que não negava que Taylor e Kanye se conversaram por telefone sobre “Famous” – fez um tweet diretamente para Kardashian West.

Em Junho de 2016, Kardashian West disse que Taylor havia dito a seu marido que ela “daria risada” e diria a mídia que ela estava “envolvida o tempo todo” se a perguntassem sobre a letra de “Famous”.

“Eu não sei porque ela, de repente, mudou de ideia… foi engraçado porque [na ligação com Kanye, Taylor] disse ‘Quando eu estiver no tapete vermelho do Grammy, toda a mídia irá pensar que eu sou completamente contra isso, e eu vou apenas rir e dizer ‘A piada é sobre vocês, cara. Eu estava envolvida nisso o tempo todo,’” Kardashian – que vazou pedaços da ligação em seu Snapchat. “E eu estava tipo, espera, mas em todo seu discurso do Grammy, você desrespeitou meu marido apenas para fazer papel de vítima de novo”.

No momento, Paine deu uma declaração a QG negando a versão de Kim Kardashian, dizendo:

“Taylor não tem nada contra Kim Kardashian, pois reconhece a pressão que Kim deve estar sofrendo e que está apenas repetindo o que Kanye West disse a ela. De qualquer forma, isso não muda o fato de que muito do que Kim fala é incorreto. Kanye West e Taylor apenas conversaram uma vez por telefone enquanto ela estava de férias com sua família em Janeiro de 2016 e eles não se falaram mais desde então. Taylor nunca negou que essa conversa existiu. Foi nessa ligação que Kanye West também a pediu para lançar essa música em seu Twitter, o que ela se recusou a fazer. Kanye West nunca disse a Taylor que usaria o termo “that bitch” se referindo a ela. Uma música não pode ser aprovada se ela nunca foi ouvida. Kanye West nunca tocou a música para Taylor ouvir. Taylor ouviu a primeira vez junto com todo mundo e se sentiu humilhada. Kim Kardashian diz que Taylor e sua equipe estavam sabendo da gravação da música e isso não é verdade, Taylor não consegue entender porque Kanye West, e agora Kim Kardashian, não a deixam em paz”.

Swift quebrou o silêncio sobre o vídeo completo que foi vazado nos stories de seu Instagram na manhã de segunda-feira.

“Em vez de responder aqueles perguntando como eu me sinto em relação ao vídeo vazado, provando que eu estava falando a verdade o tempo todo sobre **aquela ligação** (sabe aquela gravada ilegalmente que alguém editou e manipulou para me incriminar e fazer a vida da minha família e fãs um inferno por 4 anos) deslize para cima para ver o que realmente importa”, ela escreveu em seu story no Instagram, direcionando fãs para organizações que estão precisando de ajuda durante a pandemia de coronavírus. “A Organização Mundial de Saúde e ‘Feeding America’ são algumas das organizações que eu venho doando. Se você puder, por favor se junte a mim doando durante essa crise”.

Matéria publicada pela People e traduzida pela Equipe TSBR.


Tags

Comentários