Em 2017, Taylor Swift venceu o processo contra David Mueller — o radialista que a assediou sexualmente em um Meet&Greet em 2013 — mas pelo visto a condenação após a longa batalha judicial não impediu que o mesmo conseguisse restabelecer sua carreira.

Com um novo nome de Stonewall Jackson, o radialista já tem até mesmo seu próprio programa matinal na rádio KIX-92.7, em Greenwood, Mississipi, além de também ser contratado como consultor de marketing da estação.

Na página da rádio no Facebook estão bloqueando e deletando todos os comentários que questionam a contratação do assediador. (Link da página)

“Foi completamente intencional, nunca tive tanta certeza de alguma coisa na minha vida. Me lembro de ter ficado assustada. Tensa. Me senti violada como nunca antes’‘, relatou Taylor em depoimento no tribunal sobre o assédio.