Jeff Bhasker, o produtor das músicas Holy Ground The Lucky One falou sobre como é trabalhar com Taylor Swift ao American Songrwriter. Confira na matéria traduzida por nossa equipe logo a seguir:

Quando Bhasker não está escrevendo para outros artistas, ele está produzindo suas ideias e ajudando à suas músicas pessoais virem à vida, algo que ele fez para Taylor Swift e seu mais recente álbum RED. “É a coisa mais derradeira produzir e concluir suas visões: enquadrando o que eles tem de modo interessante ou em um senso contemporâneo”, ele explica. “Taylor trouxe duas músicas que ela escreveu sozinha e tocou elas para mim perfeitamente no violão. Ela pediu minha opinião, e eu disse que eram incríveis. Após termos encaixado seus vocais e seu vioçao, adicionamos os elementos musicais que eu teria adicionado e dei um gosto diferente do que ela teria se tivesse gravado em Nashville com músicos de Nashville.” 

Bhasker disse que uma das colaborações deles, uma música chamada “The Lucky One” sobre as armadilhas da fama foi uma das favoritas do ano passado. “Eu estava realmente impressionado quando ela trouxe isso. Essa música tem a ver com Springsteen e Joni Mitchell, o que eu acho que mostra muita maturidade e o quão boa ela é como compositora. A letra é sobre ela, tem uma história, e no final acho que ela está falando sobre Joni Mitchell rejeitando a fama, mesmo que ela nem tenha a mencionado. Ela estava em turnê em seu quarto de hotel sozinha se sentindo muito famosa quando ela escreveu isso. Para conseguir expressar seus sentimentos em música: se resume à isso.” 

Fonte

Tradução & Adaptação: Isis Mendes – Equipe TSBR





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up