Taylor Swift enfrentou, anteriormente, a repercussão de ficar em silêncio sobre problemas políticos e sociais, mas a estrela não está mais se afastando de falar.

Durante a semana, The Guardian lançou uma profunda entrevista com a cantora, na qual ela expressa sua opinião sobre tudo da presidência de Trump, desde as alegações contra Harvey Weinstein até sobre os legisladores impulsionando uma proibição do aborto em seu estado natal, Tennessee.

“Nós somos uma democraria- pelo menos, deveríamos ser uma –onde você está permitido discordar, divergir, debater”, ela disse para o jornal. “Eu realmente acho que ele pensa que isso é uma autocracia”.

Com o seu 30° aniversário se aproximando, insiders dizem que a ganhadora do Grammy está também ficando forte quando ela sente que tem estado em vantagem.

“A situação com Scooter continua a chateando. Ela apenas acha isso tão errado”, uma fonte próxima de Swift, que falou sobre suas intenções de regravar seus álbuns anteriores para que eles saiam das mãos do gerente musical que comprou sua antiga gravadora por 300 milhões, disse exlusivamente para a People.

“Eu estou feliz de ter propriedade total desse álbum. Não é apenas uma visão de negócios.  É como seu coração pertencesse àquela arte que você fez”, ela disse para Elvin Duran semana passada no programa dele, iHeartRadio Show, sobre o Lover. “E a pessoa que comprou minha arte, ele nunca fez arte nenhuma em sua vida, então ele não sabe como é. Ele nunca poderia entender essa conexão pessoal”.

Embora ela tenha deixado claro que sua relação com o namorado Joe Alwyn não seja pública, fora de cena a estrela encontrou um forte apoio no ator britânico.

“A personalidade de Joe é ótima para Taylor. Ele é muito calmo e sempre muito apoiador”, disse a fonte. “Ele é simpático e compreensivo e apoia seu discurso sobre coisas que ela não concorda”.

Foto: Splash News

Chegando no aniversário de três anos, o casal está mais feliz do que nunca, como evidenciado pela ternura das letras de seu sétimo álbum, que declaradamente vendeu aproximadamente 500.000 unidades em um dia, ultrapassando a trilha sonora de A Star Is Born, no topo dos álbuns mais vendidos de 2019.

“Há algo refrescante e diferente sobre a relação deles. Joe faz Taylor muito feliz e é difícil para ela não imaginar passar o resto de sua vida ao lado dele”, diz a fonte. “Sua família o ama. Ele parece mais velho do que é e é um cara fantástico”.

Continuando na mesma página sobre manter o relacionamento deles privado, Swift e Alwyn, 28, estão, aparentemente, nisso por longo prazo.

“Joe ama atuar, mas não quer ser uma celebridade. Eles dois concordam que, para que a relação deles continue funcionando, eles precisam manter as coisas mais silenciosas”, disse a fonte. “Ela está mais feliz do que nunca esteve”.  

Matéria publicada pela People e traduzida pela equipe TSBR.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up