No mês passado foi anunciado que o contrato de 14 anos de Taylor Swift com a gravadora Big Machine Records havia chegado ao fim. Com isto, Taylor divulgou ao mundo que havia entrado para o time da Republic Records.

A Big Machine Records foi a gravadora que lançou Taylor Swift no mercado, sendo uma de suas primeiras artistas contratadas. Em parceria com o dono e CEO Scott Borchetta, Taylor Swift levou o nome de sua pequena gravadora independente a um patamar inimaginável para um selo country do interior dos EUA.

Em recente entrevista ao ET Canada, Scott Borchetta fez uma reflexão sobre sua parceria de sucesso com a cantora e se mostrou ansioso por esse próximo capítulo na vida de ambos, mesmo que separados.

Leia o que ele disse:

“O que nós fizemos juntos foi histórico. Nós estávamos trocando mensagens ontem e eu fiquei muito animado pelo que vem por aí…

Ela e eu construímos essa companhia quando ninguém achou que fossemos conseguir, então estamos muito orgulhosos um do outro. Nós encontramos uma forma em que ambos possamos fazer coisas incríveis irem à frente.

Eu lembro de quando Fearless foi lançado há 10 anos, em 2008. Você podia sentir a onda vindo, sabe? Isso nos levou a nossa primeira turnê mundial. A era Fearless foi realmente a que ditou que iríamos fazer coisas grandes.”