Nicki Minaj recentemente expressou sua insatisfação com a padronização da imagem das cantoras na indústria da música, comentando sobre as indicações do MTV Video Music Awards irem para “vídeos que celebrem garotas magras”. “Ah, mas acredite em mim”, completou, “Eu estarei naquele palco para receber meus prêmios de melhores vídeos do ano. Feeling Myself & Anaconda”.

Com a interpretação de alguns fãs, alegando que o tweet teria sido uma indireta com relação ao vídeo de “Bad Blood”, Taylor Swift respondeu ao tweet de Nicki, afirmando “O que sempre fiz foi te apoiar e amar. Você não é do tipo que colocas mulheres umas contra as outras. Talvez um homem tomou seu lugar…”. Nicki não demorou muito em responder que “também a amava o tanto quanto, mas que [Taylor] deveria comentar sobre essa situação”.

Apesar do atrito, Taylor imediatamente convidou Nicki para subir ao palco com ela: “Se eu ganhar, suba ao palco comigo!! Você sempre está convidada para qualquer palco se eu estiver nele”. Nicki aproveitou para criticar a indústria mais uma vez, esclarecendo o mal-entendido. “Nada que disse tinha a ver com Taylor. A mídia branca e suas táticas”, reclamou. “É muito triste. Isto é o que eles querem. Fico feliz que vocês conseguem ver como as coisas funcionam”, disse aos fãs.

Nicki mais tarde reclamou de Ryan Seacrest não destacar o fato de que ela teria dito que amava Taylor de volta, supostamente colocando a cantora como “vítima” da situação. Aparentemente a amizade entre as duas se mantém, mas Nicki ainda parece magoada com o fato de Taylor não ter entendido que sua crítica não era direcionada a sua pessoa e tem retweetado fãs exigindo desculpas por parte de Taylor.

Fonte: Twitter





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up