John Mayer, que voltou à ativa este ano com o álbum “Born and Raised” após um período em pausa, revelou pela primeira vez sua opinião sobre a faixa Dear John, composta por Taylor Swift relatando o breve romance entre os dois.

O cantor contou à Rolling Stone que ficou “muito humilhado” e se sentiu “uma pessoa terrível” após ouvir a canção. “Eu sou muito bom em assumir a responsabilidade e eu nunca fiz nada para merecer aquilo (a canção). Foi uma coisa repugnante da parte dela.”

John alega que nunca recebeu nenhum email ou ligação da cantora, e só soube a impressão que causou quando Dear John foi lançada em 2010 como parte do álbum “Speak Now”.

“Eu fui pego desprevenido e realmente me deixou humilhado numa época que eu já estava bem pra baixo. Quero dizer, como você se sentiria se estivesse no fundo do poço e alguém te afundasse ainda mais?” declarou o cantor, que na ocasião também estava sofrendo críticas severas por declarações polêmicas dadas para a revista Playboy e a própria Rolling Stone.

John Mayer ainda criticou Taylor Swift enquanto compositora pois, em sua opinião, a faixa é uma composição “sem valor”.

“Eu sei que ela é a maior sensação do momento no mundo, mas eu não estou tentando afundar o navio de ninguém, mas eu acho um abuso de talento alguém esfregar as mãos e dizer ‘Espere até ele receber comentários sobre isso’. Isso é uma merd#.” – Concluiu Mayer.
Fonte: Vagalume & MTV.com

Por que será que esse indivíduo veio falar da Taylor, dois anos depois de ”Dear John” ser divulgada, logo agora que ele está lançando seu novo álbum? Risos/





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up